Com larga experiência na área de harmonização orofacial, a Dra. Juliana Maria Bataglia tem ganhado cada vez mais destaque em Itapira e região com um atendimento focado no chamado ‘gerenciamento de envelhecimento’.
Na prática, o campo reúne um conjunto de técnicas e procedimentos indicados para manter a pele jovem e saudável, com especial foco na pele do rosto, que por ficar mais exposta é a que sofre os primeiros sinais do envelhecimento.
Formada em 2008 pela Faculdade São Leopoldo Mandic, mas já atuando na área há cinco anos, Dra. Juliana Bataglia acumula inúmeros cursos de atualização nas áreas da odontologia, além de atualmente cursar especialização na área de harmonização facial.
De acordo com ela, a dúvida mais comum dos pacientes é sobre quais procedimentos fazer para manter a pele jovem e saudável e quando começar.
Em razão disso, é muito importante que as consultas e análises detalhadas sejam realizadas por um profissional especializado, que poderá determinar os melhores tratamentos de forma individualizada.
“Envelhecer é inevitável, mas devido aos avanços da dermatologia estética não é errado afirmar que é possível escolher como queremos envelhecer”, comenta a dentista.
“E em razão de diversos fatores, cada pessoa envelhece de uma maneira diferente, por isso é recomendado o acompanhamento e análise detalhada de todo o contexto que envolve o paciente”, explica.
Ela lembra ainda que o envelhecimento da pele não envolve apenas a pele em si, mas também a parte óssea e muscular.
“Basicamente, a perda de colágeno e elastina, que é um processo progressivo com o passar dos anos, é que acelera o surgimento de sinais de perda da jovialidade da pele”, enfatiza.
Ela cita como exemplo clássico o uso do ‘Botox’ e/ou dos chamados ‘Bioestimuladores de Colágeno’.
“O Botox pode ser usado logo aos 20 anos, sua ação é progressiva e retarda o surgimento de rugas. Já os Bioestimuladores fazem o tratamento potencializador, quando a pele já não consegue mais produzir o colágeno necessário, e podem ser usados a partir dos 30 anos”, ilustra Dra. Juliana.
Por estes e diversos outros fatores a serem analisados e considerados é muito importante que a busca por um especialista em gerenciamento de envelhecimento deve ser feita o quanto antes.
“A prevenção é sempre a opção mais prática e mais econômica”, conclui a doutora. Para agendar uma avaliação, ligue para (19) 3863-6011. O consultório fica na Rua General Carneiro, 288, na Santa Cruz.

O que acontece com nossa pele a cada década:
Doutora Juliana Bataglia atende em Itapira (Fabiano Franco/Divulgação)
Aos 20 anos: Fisiologicamente é nesta faixa etária que começa o primeiro processo de envelhecimento, com declínio da produção natural de antioxidantes.
Aos 30 anos: Nosso metabolismo começa a desacelerar e diminuir a produção de colágeno. Começa aí a aparência de uma pele mais cansada.
Aos 40 anos: O ciclo natural de vida das células da pele é menor nesta idade e é quando percebemos nitidamente sinais mais acentuados já necessitando de tratamentos mais potentes.
50 anos para cima: A pele fica mais seca e incapaz de reter hidratação. Mas não pense que é o fim da linha para você que está nesta faixa etária.
Temos tratamentos revolucionário e aos 50 você já atingiu uma fase da vida que sabe que já se dedicou muito a outras pessoas e agora é sua vez.

 

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui