Coincidência que só ocorre uma vez a cada 30 anos, a superlua e o eclipse lunar total foram vistos no céu de alguns países (Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Publicidade - Anuncie aqui também!
Coincidência que só ocorre uma vez a cada 30 anos, a superlua e o eclipse lunar total foram vistos no céu de alguns países (Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Coincidência que só ocorre uma vez a cada 30 anos, a superlua e o eclipse lunar total foram vistos no céu de alguns países (Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Publicidade - Anuncie aqui

Observar a lua mais de perto e, na mesma noite, vê-la sumir momentaneamente.

Este é o fenômeno que muitos brasileiros puderam presenciar na noite de domingo (27), durante a eclipse lunar total não apenas da lua, mas de uma superlua. Em várias regiões, porém, o tempo nublado e chuvoso acabou impedindo a visão do fenômeno, deixando muita gente frustrada.

O satélite natural do planeta em que habitamos estará mais próximo de nós durante toda a noite, fazendo com que tenha um tamanho maior. Durante  boa parte desse período, foi possível perceber a sombra da Terra impedindo a iluminação da lua.

Coincidência que só ocorre uma vez a cada 30 anos, a superlua e o eclipse lunar total foram vistos no céu de alguns países nesta noite. O eclipse pôde ser apreciado no Brasil porque a lua entrou na sombra da Terra quando já era noite no país. Já a superlua ocorre porque a órbita da lua, isto é, o caminho que a lua faz ao redor da Terra, não é circular. Com isso, o satélite se aproxima mais da Terra uma vez por ano, ocasionando o fenômeno.

Publicidade - Anuncie aqui