Maísa Fernandes se prepara para primeiro mandato como vereadora (Paulo Bellini/ItapiraNews)

Aos 42 anos, a protética Maísa Fernandes se elegeu vereadora e assumirá o cargo no dia 1º de janeiro.

Bem sucedida na disputa eleitoral, ela obteve 1.758 votos, ocupando a segunda posição no ranking dos candidatos mais votados para o Legislativo.

Com bandeira focada na causa animal, a vereadora eleita possui histórico de atuação na Uipa (União Internacional Protetora dos Animais).

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

Ao comentar o resultado das urnas, Maísa disse que recebeu a notícia de sua eleição com “muita alegria” e com a “certeza” de que os votos “representam confiança e reconhecimento no trabalho em defesa dos animais”. Não só isso.

Para ela, a votação também traduz um sentimento de esperança para que ela possa “propor mudanças para o cidadão itapirense”.

Em entrevista ao Itapira News, ela garantiu que seu mandato terá olhar especial à questão animal, especialmente em pautas relacionadas ao abandono, maus-tratos e controle populacional de cães e gatos.

Mas disse também que tem outras prioridades. “Existem muitas áreas que precisam avançar”, frisou. Confira abaixo os principais trechos da conversa.


Como você recebeu o resultado das eleições?
Com muita alegria e certeza de que meus votos representam a confiança e reconhecimento pelo meu trabalho na defesa dos animais e pela esperança das pessoas que eu possa propor mudanças para o cidadão itapirense.
Qual sua mensagem aos eleitores que ajudaram a te eleger?
Agradeço imensamente a todos pela confiança, vou exercer a função de legislar e fiscalizar com ética, transparência e respeito à população. Continuo precisando do apoio de todos com sugestões e críticas para analisarmos sempre juntos e alcançarmos os melhores resultados.
Quais são seus projetos como vereadora a partir de janeiro?
Quero fazer valer minha função como representante do povo de Itapira, lutando não somente pela causa animal, mas ouvindo e acompanhando as necessidades da população e propondo ações junto aos pares na Câmara para transformações significativas para Itapira.
Qual sua opinião a respeito da eleição para prefeito?
O resultado da eleição para prefeito representa a vontade do povo por mudanças. Eu embarco nessa vontade, com ouvidos bem abertos para me conectar a um projeto de ações transformadoras.
Como seu mandato deverá atuar no relacionamento com o Executivo?
Trabalharei buscando, em primeiro lugar, o ideal para o município. Buscarei o consenso entre os pares, já que o povo é um só, independente de posição política, e o bem comum é para todos. Divergências existem, mas a realidade apresenta os fatos e estes direcionam ao caminho certo. Como representante do Legislativo de Itapira, não trabalharei só, é essencial para mim o apoio de todos através de opiniões, sugestões, apontamentos na construção de um trabalho colaborativo e ativo.
À vontade para considerações finais.
No exercício de minha função terei o dever de identificar preocupações coletivas da sociedade e levá-las para o debate na Câmara, e aí entra outra tarefa que é de apresentar projetos. Como todos sabem, apresentei minhas propostas na Causa Animal, animais não votam, mas fazem parte da cidade.
Itapira enfrenta grandes problemas para erradicar o abandono, maus-tratos, aumento excessivo por falta de castração e até mesmo para manter os custos quando eles já se encontram em abrigos.
Tenho muitas prioridades, existem muitas áreas que precisam avançar, sair do papel, e eu desejo criar mecanismos para que as pessoas sintam a minha disponibilidade em acolher ideias e transformar essas ideias em projetos. Esta participação da população é muito importante e espero que os cidadãos me ajudem a construir o meu mandato. Meu mandato será produtivo, transparente e atuante na Câmara Municipal de Itapira. Sou a Voz dos que não falam, contem sempre comigo.

 

Publicidade - Anuncie aqui