Padre André conversou com Arnaldo Franco e seus familiares (Divulgação)
publicidade

O padre André Ricardo Panassolo, pároco da Igreja Matriz de São Benedito, fez neste domingo (15) uma visita ao chefe da Congada Mineira de Itapira, Arnaldo Franco, e alguns de seus familiares.

A visita acontece após um episódio que ganhou contornos de polêmica ocorrido na última sexta-feira (13), quando os grupos de congada acabaram ficando de fora da tradicional procissão que encerra a programação religiosa da Festa de Maio.

“Como um bom pastor, padre André Ricardo visita o mestre da Congada Mineira, Arnaldo Franco, em um gesto de confraternização e acerta todos os contratempos, pediu perdão à congada e todos que se sentiram feridos e colocamos um ponto final nesse incidente”, comentou um dos netos do patriarca da família, Carlos Nelson Franco.

“O amor em Deus nos uniu, viva São Benedito, nosso santo padroeiro”, continuou ao publicar fotos do encontro durante o almoço da família.

“Procuramos ele para que pudesse explicar o que ocorreu. Ele assumiu o erro e pediu perdão, e pedimos que viesse na nossa casa para falar com o papai, que estava muito triste. O padre também disse que estava muito triste, agora está tudo bem”, comentou Eva Regina Franco Martins, filha do chefe da Congada Mineira.

Encontro entre padre e congadeiros aconteceu neste domingo em Itapira (Divulgação)
  • REPERCUSSÃO

A polêmica envolvendo a procissão e a ausência das congadas começou a reverberar ainda na noite de sexta-feira, logo após o rito que encerra a parte religiosa do evento popular.

Muitas pessoas, estranhando que os grupos congadeiros não estavam presentes no trajeto, passaram a fazer questionamentos. Nas redes sociais, várias publicações foram feitas sobre o tema.

No sábado (14), o Itapira News conversou com representantes da Congada Mineira, que demonstraram muita chateação por terem sido, em tese, “esquecidos” pela organização da procissão, uma vez que não foram chamados durante a formação da ordem do ato.

A reportagem também procurou entender a posição do pároco, que disse que nada foi proposital e pediu desculpas diante de eventuais falhas. O assunto ainda prosseguiu repercutindo com diversas críticas e defesas de ambos os lados. Leia aqui a matéria completa.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui