Deputada Tabata Amaral cumpri agenda na região (Paulo Bellini/ItapiraNews)
publicidade

A deputada federal Tabata Amaral (PSB) passou por Itapira na tarde desta terça-feira (1º) para visita a três entidades: Associação Pétalas de Rosas, Aipa (Associação Itapirense de Preparo do Adolescente) e Jovem em Ação.

Antes da agenda em Itapira, a parlamentar também passou por Limeira (SP) e Amparo (SP), acompanhada da vereadora limeirense Mariana Calsa (PL).

Os compromissos em solo itapirense começaram pela Associação Pétalas de Rosas, grupo que reúne mulheres em tratamento contra o câncer de mama. O objetivo foi conhecer melhor o trabalho e as necessidades da instituição.

De lá, Tabata Amaral foi para a sede da Aipa (Associação Itapirense de preparo do Adolescente) – Guarda Mirim, onde promoveu um debate junto aos aprendizes a respeito da participação dos jovens na política.

“Queremos mostrar que a política é um lugar que deve ser ocupado pelos jovens. Recentemente, saiu uma reportagem dizendo que as próximas eleições devem contar com a menor participação dos jovens na história democrática, e isso é um absurdo. A política precisa dos jovens”, defendeu.

Ja sede do Jovem em Ação, outra entidade voltada ao preparo e inserção dos adolescentes no mercado de trabalho, a deputada conversou com diretores e também conheceu um pouco do trabalho e das demandas.

Tabata Amaral garantiu que o ciclo de visitas e conversas pode resultar em bons frutos ao município. “Nosso mandato é muito voltado para a questão das mulheres e da juventude, então faz muito sentido conhecer os projetos dessa área, entender os desafios que enfrentam e ajudar de alguma forma”, disse.

Parlamentar esteve com dirigentes da Associação Pétalas de Rosas (Paulo Bellini/ItapiraNews)
  • RECENTE POLÊMICA

Com apenas 28 anos, Tabata Amaral cumpre seu primeiro mandato na Câmara Federal. Formada em Ciências Políticas pela Universidade Harvard, ela se elegeu deputada federal por São Paulo em 2018 com 264 mil votos – a sexta candidata mais votada do estado.

Com bandeiras voltadas principalmente à educação e renovação política, ela integra as comissões de Educação, de Defesa dos Direitos da Mulher e de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, além da Comissão Especial da PEC 015/15, que torna o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica) um instrumento permanente de financiamento da educação básica.

Recentemente, a parlamentar se viu envolvida uma polêmica ao participar do podcast ‘Flow’, no episódio em que um de seus apresentadores, Bruno Aiub, o ‘Monark’, defendeu a existência de um partido nazista no Brasil e o direito de qualquer cidadão ser anti-judeu.

Ao comentar o assunto em entrevista ao Itapira News, ela reforçou a importância da dicussão política nas escolas para que os jovens tenham acesso a informações sobre temas polêmicos através de fontes confiáveis.

“Muito da minha postura no Flow foi por saber que meus amigos assistem, meu irmão assiste, por saber que muitas pessoas não consomem o noticiário de política, não leem jornais, mas se informam por canais como esse. Minha posição foi de ficar ali para rebater”, disse.

Para a deputada, entretanto, é preciso que temas sensíveis sejam incorporados ao debate em âmbito escolar justamente para que haja uma maior compreensão acerca da política de uma forma geral.

“Eu sou uma grande defensora da formação política nas escolas, e as pessoas acham que isso é falar sobre partidos, mas não é. É falar sobre a Constituição, sobre qual a função de um vereador, a diferença de deputado e senador, como é possível apresentar um projeto de lei e pressionar. Eu não acho que a situação do país vai mudar enquanto os jovens continuarem a ser apartados desses debates”, finalizou.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui