Publicidade - Anuncie aqui também!
Suicídios sequenciais intrigam autoridades
Suicídios sequenciais intrigam autoridades
Publicidade - Anuncie aqui

Dois suicídios separados por um intervalo de aproximadamente 10 horas foram registrados em Itapira, entre a noite de segunda-feira (19) e o início da manhã desta terça (20).

Nas duas situações, as vítimas foram homens e morreram por enforcamento. O primeiro caso, na noite de segunda, aconteceu na Avenida dos Italianos, próximo à esquina com a Avenida Rio Branco.

Populares que passavam pelo local por volta das 23h00 avistaram um homem caído ao solo com um fio no pescoço. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, mas restou à equipe de resgate apenas atestar a morte do homem. Neste caso, a identificação da vítima ainda não foi feita. Ele não portava documentos e a suspeita é de que estivesse em situação de rua. Como o corpo estava debaixo de uma árvore, as autoridades acreditam que o fio tenha se rompido com o peso do homem, o que não impediu sua asfixia. De qualquer maneira, outras hipóteses, como a de homicídio, não estão descartadas.

O segundo caso surgiu na manhã desta terça, por volta das 8h30, quando um homem de 28 anos foi encontrado morto, também enforcado, em uma área de várzea entre a Rodovia SP-352 (Itapira-Jacutinga) e a Rua do Cubatão, mais precisamente no trecho conhecido como ‘Morro do Macumbê’. Ele também não portava documentos, mas foi identificado momentos depois. Não se sabe, ainda, se os dois casos possuem alguma ligação. As duas ocorrências foram atendidas por policiais militares, que encaminharam os dados à Polícia Civil para investigação.