Onda de acidentes foi registrada em Itapira (Itapira News)
Publicidade    
Publicidade - Anuncie aqui

Cinco acidentes em menos de 24 horas. Esse foi o saldo dos acidentes ocorridos entre a noite do último domingo (28) e a noite desta segunda-feira (29) – em números atualizados às 19h41 pela reportagem. Um ciclo assustador de colisões, choques e até atropelamento que gerou preocupação na comunidade e repercutiu bastante nas redes sociais.

Entre os casos, um infelizmente de consequências bastante sérias: um jovem de apenas 26 anos morreu após colidir sua motocicleta, uma Kawasaki/Ninja, contra um poste na Avenida Mário Covas, região do Istor Luppi. O acidente aconteceu por volta das 22h40 de domingo e a vítima faleceu quando era atendida no Pronto Socorro do Hospital Municipal.

Entre o final da manhã e o início da noite desta segunda-feira foram mais quatro ocorrências de acidentes de trânsito envolvendo carros, motos e pedestres. Destes, três foram registrados ao longo da Avenida Rio Branco e suas vias transversais, na região central do município.

Teve moto atingida por carro que depois acertou outro veículo e deixou o piloto ferido; teve carro com condutor não habilitado que fez conversão proibida e atingiu frontalmente uma moto com dois ocupantes e teve uma mulher atropelada por um carro quando atravessava a rua.

Por fim, uma colisão próxima à Avenida Comendador Virgolino de Oliveira, já por volta das 18h00, também envolveu carro e moto. Felizmente, as ocorrências ao longo do dia, aparentemente, não provocaram ferimentos graves nas vítimas, mas o volume de acidentes demonstra a necessidade urgente de medidas no sentido de tentar reduzir os índices.

Além dos acidentes entre domingo e segunda, no sábado um adolescente também perdeu a vida após cair debaixo de um caminhão com sua bicicleta e, antes disso, a cidade já havia ficado consternada com a morte trágica de um motociclista na antiga vicinal entre Itapira e Mogi Guaçu. A reportagem, ao longo da semana, trabalhará em pautas abordando o assunto junto às autoridades públicas da cidade.