publicidade - anuncie aqui

O Centro de Hemodiálise de Itapira realizou, em quatro dias de sua segunda semana de funcionamento, um total de 56 procedimentos de terapia renal substitutiva em pacientes de dois diferentes grupos.

Foram 16 pacientes na segunda-feira, 12 na terça, 14 na quarta e mais 14 na quinta-feira.

“Começamos no dia 18 com seis pacientes, três em cada grupo, e aos poucos estamos expandindo o atendimento até que todos que hoje fazem o tratamento em Mogi Mirim possam ser atendidos aqui”, disse o prefeito Toninho Bellini (PSD).

Pacientes já recebem atendimento no Centro de Hemodiálise de Itapira (Paulo Bellini/ItapiraNews)

Além dos pacientes ambulatoriais, o Centro de Hemodiálise também atende pacientes internados no Hospital Municipal que eventualmente precisam de sessões de hemodiálise. Os processos de triagem também terão continuidade nos próximos dias.

A demanda estimada para esse início de atividades do centro é de 50 pacientes divididos em dois grupos e dois turnos, sendo o primeiro grupo às segundas, quartas e sextas nos períodos da manhã e da tarde e o segundo grupo às terças, quintas e sábados, também de manhã e à tarde.

O custo mensal da unidade chega a R$ 156.630,50 e nesse início de atendimento a Prefeitura conta com verbas provenientes de emendas parlamentares que já foram disponibilizadas na conta do Fundo Municipal de Saúde. Além disso, o custeio do serviço está em tramitação Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo e no Ministério da Saúde.

Print Friendly, PDF & Email
Publicidade - Anuncie aqui