Reencontro emocionante aconteceu graças ao empenho dos guardas (Itapira News)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A GCM (Guarda Civil Municipal) protagonizou uma ocorrência emocionante na tarde da última quinta-feira (28) em Itapira. Uma equipe da corporação conseguiu localizar um homem, portador de doença mental, que estava desaparecido há cerca de um mês e cuja família, residente em São Paulo, estava desesperada.

Tudo começou quando ainda pela manhã a mãe do rapaz fez contato direto com os guardas Machioreto e Washington na Estação Rodoviária. Elava havia acabado de desembarcar de um ônibus, vindo ao município depois de ter recebido informações de que o filho poderia estar caminhando sem rumo pela cidade ou região.

Uma foto foi entregue aos guardas, que a distribuíram entre toda a equipe da corporação. O patrulhamento então foi iniciado com vistas ao possível encontro da pessoa. Já no meio da tarde, o agente Assis, da Defesa Civil, fez contato com a GCM afirmando que um homem estaria andando pela região rural dos Pinheiros, aparentemente desorientado.

Machioreto e Washington então deslocaram imediatamente ao local citado e acabaram localizando o rapaz que caminhava pelas margens da Rodovia SP-147 (Itapira-Lindóia), já nas proximidades da Rua Lindóia. As características do homem batiam com a pessoa da foto fornecida pela mulher.

Ocorrência mobilizou várias equipes e terminou de forma feliz (Itapira News)

O homem, segundo os guardas, aparentava certa lucidez, mas que se mesclava com momentos de confusão mental. Ele foi embarcado na viatura e levado à Rodoviária, onde ocorreu o encontro emocionante acompanhado pela reportagem do Itapira News. Mãe e filho se abraçaram e choraram muito e os guardas receberam os agradecimentos da mulher.

A GCM Ednúbia também colaborou com a ocorrência, dando suporte à mãe do homem desaparecido enquanto ela aguardava na Rodoviária. O rapaz estava bastante desidratado, com roupas rasgadas e sujas, descalço e faminto. Ele foi levado ao Hospital Municipal, onde recebeu atendimento para posterior liberação à família.