Publicidade - Anuncie aqui também!
Acusados de sequestro-relâmpago e roubo foram presos (Divulgação)
Acusados de sequestro-relâmpago e roubo foram presos (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui

Um sequestro-relâmpago ocorrido na manhã desta terça-feira (20), em Itapira, terminou com um acidente e dois homens presos, acusados de participarem do crime.

A ocorrência começou por volta das 5h30, na Rua Miguel Couto, na Boa Esperança, quando uma enfermeira de 27 anos saía para o trabalho.

Ela tirava um Fiat/Idea da garagem quando foi abordada por quatro homens, sendo que ao menos um deles estava armado; que anunciaram o assalto e empreenderam fuga com o carro, levando a vítima junto. Os bandidos se deslocaram até Águas de Lindóia (SP), onde efetuaram um saque bancário da conta da vítima no valor de R$ 1 mil. Depois, retornaram a Itapira.

Contudo, segundo apurado, por volta das 7h30, eles saíram da Rodovia SP-147 e ingressaram com sentido ao bairro Istor Luppi, ainda com a vítima no carro e trafegando em alta velocidade. Na Avenida Mário Covas, proximidades do campo de futebol da Vila Dr. José Secchi, o condutor perdeu o controle do veículo, que capotou após passar por uma curva.

A mulher vítima da ação ficou no veículo, ferida, enquanto que os assaltantes fugiram a pé com sentido ao Istor Luppi. A vítima foi socorrida ao Pronto Socorro do Hospital Municipal. Enquanto isso, policiais militares, informados da ocorrência, começaram a diligenciar principalmente na região do Istor Luppi.

Em um imóvel da Rua Nelson Zelante, eles conseguiram deter os desempregados Estevão Azevedo, 22; e Michael Henrique Mendonça de Oliveira, 21, acusados de serem dois dos quatro criminosos que sequestraram a enfermeira.

Bandidos capotaram carro da vítima, que felizmente não se feriu com gravidade
Bandidos capotaram carro da vítima, que felizmente não se feriu com gravidade

A princípio, eles negaram participação no crime, mas as suspeitas foram reforçadas quando os policiais revistaram o forro da casa e localizaram exatamente a quantia de R$ 1 mil escondida em uma caixa de cigarros. Na cozinha, foi encontrada uma cápsula de calibre 12 deflagrada.

Um adolescente de 15 anos também foi detido pela PM, em outro imóvel na mesma rua, mas foi liberado após prestar esclarecimentos, já que havia dúvidas com relação à sua possível participação no crime.

Os dois maiores, contudo, foram fotografados e as imagens foram exibidas à vítima durante o atendimento no Hospital, sendo que ela reconheceu prontamente os dois como sendo os homens que participaram de seu sequestro. O menor também não foi reconhecido por ela.

Azevedo e Oliveira prestaram depoimento e foram presos em flagrante pelo delegado Fernando Zucarelli Pinto, sendo recolhidos à UDTE (Unidade de Detenção, Triagem e Encaminhamento) de Itapira, onde permanecem à disposição da Justiça. A polícia segue nas investigações para tentar chegar aos outros autores do crime.

Publicidade - Anuncie aqui