Candreva (segundo à dir.) participou de votação
Publicidade - Anuncie aqui também!
Candreva (segundo à dir.) participou de votação
Candreva (segundo à dir.) participou de votação
Publicidade - Anuncie aqui

O Campeonato Paulista da Série A2 terá uma fórmula diferente da adotada no Paulistão 2014. Através de votação entre os 20 clubes participantes, ficou acertado nesta terça-feira, que a competição que pela primeira vez terá a participação da Esportiva Itapirense será disputada em turno único com 19 rodadas para definir as equipes que serão promovidas ao Paulistão 2015 e as quatro rebaixadas para a Série A3. O Conselho Arbitral definiu ainda que competição começa no dia 26 de janeiro e será encerrada em 13 de abril.

Conforme justificou a FPF (Federação Paulista de Futebol), a temporada de 2014 está mais apertada por causa da Copa do Mundo. A entidade máxima do futebol de São Paulo chegou a propor que fórmula fosse a mesma adotada no Paulistão: divisão dos 20 participantes em quatro grupos, sendo que os times jogariam apenas contra os adversários das outras três chaves, totalizando 15 jogos cada.

Aí, os dois primeiros colocados avançariam para as quartas de final, quando começariam os confrontos eliminatórios. Mas a fórmula foi rejeitada. Por 11 a oito, o sistema em turno único sem quadrangular acabou sendo o escolhido pelos dirigentes com direito a voto. O Batatais foi o único dos presentes sem direito a voto em razão de problemas no seu estádio. O clube, aliás, tem 15 dias para sanar as pendências no Estádio Osvaldo Scatena, ou será excluído do torneio. A Esportiva foi representada pelo diretor de futebol Sandro Candreva.

COTAS

A FPF também anunciou nesta terça-feira um pequeno aumento dos valores das cotas para os clubes da Série A2 em relação ao que foi repassado em 2013. Em 2014, cada participante do campeonato receberá R$ 135 mil (valor bruto) e mais 70 bolas de futebol direcionadas para os treinos – nesta temporada, foram R$ 112 mil para clube. O campeão ainda receberá um prêmio de R$ 150 mil, enquanto o vice leva R$ 50 mil e os outros dois que conseguirem o acesso ficam com R$ 25 mil cada.

Como a competição terá 19 rodadas, 10 clubes atuarão um jogo a mais como mandante que os demais. Os escolhidos foram os quatro rebaixados do último Paulistão – Guarani, União Barbarense, São Caetano e Mirassol – e os seis melhores colocados em 2013 que permaneceram na Série A2 – Guaratinguetá, Red Bull, Capivariano, Catanduvense, São José e Monte Azul.

Além da Esportiva, Grêmio Osasco, Velo Clube, Santo André, Rio Branco, Grêmio Barueri, Ferroviária, São Bento, Marília e Batatais (caso seja confirmado na competição) farão nove jogos em casa e dez fora.