Nicole falou aos vereadores sobre projeto (Divulgação)
Publicidade    
Publicidade - Anuncie aqui

A estudante Nicole Emanuelle Pinheiro Mota, de 16 anos e que frequenta a ETEC (Escola Técnica Estadual) ‘João Maria Stevanatto’, apresentou à Câmara Municipal de Itapira uma sugestão para um projeto voltado à educação no trânsito local.

A ação é fruto de sua participação no Fórum da Juventude Arteris pela Segurança no Trânsito, promovido pela empresa que conglomera diversas concessionárias rodoviárias da região, incluindo a Intervias, que administra trechos de estradas que cortam o município.

O projeto sugerido aos vereadores tem foco direcionado à redução no número de acidentes e de vítimas. Antes do início da sessão da última terça-feira (18), ela fez uma breve explanação sobre ideias já implantadas na unidade itapirense da ETEC e que poderão nortear ações a serem instituídas na cidade na forma de política pública.

Projeto é fruto de participação em fórum promovido pela Arteris (Divulgação)

Uma das sugestões é pela adoção de campanhas mais amplas, além do envolvimento de crianças em projetos nas próprias escolas, com elaboração e distribuição de materiais didáticos, por exemplo.

Essa iniciativa, de acordo com o projeto pensado pela estudante, poderia seguir parâmetros semelhantes ao Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas), desenvolvido pela Polícia Militar junto a estudantes. “Meu projeto tem como objetivo conscientizar jovens e adolescentes para que o trânsito no futuro possa mudar”, disse a estudante, que acredita que a sugestão possa ser acatada pelos vereadores e de fato transformado em um projeto de lei.