Estelionatário residente na capital foi preso em flagrante ao aplicar golpes em Itapira (Paulo Bellini/ItapiraNews)

Um homem residente em São Paulo foi preso em flagrante em Itapira acusado de aplicar golpes financeiros com roubo de cartões de créditos das vítimas – o chamado ‘golpe do cartão clonado’.

Atuando falsamente como motoboy a serviço de instituições bancárias e operadoras de crédito, ele foi detido no final da tarde de terça-feira (22) pelos policiais Ferrari e Sérgio quando tentava aplicar mais um golpe em um idoso na Vila Penha do Rio do Peixe.

A intenção dele foi percebida pelo filho da vítima, que alertou o pai quando este já estava quase entregando o cartão. O criminoso de 20 anos ainda tentou arrancar com a moto, mas foi contido pelos moradores.

PM Sérgio com a moto utilizada pelo criminoso (Paulo Bellini/ItapiraNews)

No local, a PM tomou conhecimento dos fatos. O aposentado de 64 anos contou que recebeu uma ligação supostamente do banco no qual possui conta informando que seu cartão teria sido clonado em Campinas e que um motoboy iria até sua casa para retirar o cartão verdadeiro.

Por volta das 16h30, o rapaz chegou para pegar o cartão alegando que o banco adotaria as devidas providências. O filho do aposentado, um homem de 35 anos, entretanto, desconfiou e passou a questionar o rapaz, logo já constatando que se tratava realmente de um golpe.

Com o rapaz detido, os policias ainda encontraram outros dois cartões, além de uma máquina de cartão e uma quantia de R$ 2.016,00 em dinheiro.

Já na Delegacia de Polícia, quando registraram a ocorrência, os policiais receberam mais duas mulheres, uma de 60 e outra de 39 anos, residentes nos Prados e que também haviam sido vítimas do golpe, já consumado.

Golpista também promoveu roubo em casa de mulher nos Prados (Paulo Bellini/ItapiraNews)

No caso da mulher de 60 anos, ela disse que na verdade o bandido praticou roubo em sua casa, chegando armado e obrigando-a a entregar três cartões bancários e seus dados. Ambas reconheceram o rapaz detido como sendo o mesmo que foi até suas casas.

Diante dos fatos, ele foi autuado em flagrante pelo delegado Anderson Cassimiro de Lima sob a acusação de estelionato, associação criminosa e também lesão corporal, já que o idoso de 64 anos chegou a ser agredido por ele enquanto tentava fugir.

A arma utilizada no roubo não foi encontrada. A maquininha de cartão, o dinheiro, a moto utilizada por ele e outros pertences foram apreendidos, enquanto que os cartões foram restituídos às vítimas.

Publicidade - Anuncie aqui