Anúncio foi feito durante coletiva de imprensa do governador João Doria (Reprodução)

O Governo do Estado de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (26) a prorrogação da fase de transição do Plano São Paulo por mais duas semanas.

o período agora segue até o dia 14 de junho, segundo informado pelo governador João Doria (PSDB) em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista.

Segundo o governador, as medidas atualmente em vigor continuarão valendo sem qualquer alteração. O comércio, portanto, segue autorizado a funcionar até 21h00 – havia a expectativa da ampliação em mais uma hora, o que não ocorreu.

A capacidade máxima de ocupação dos estabelecimentos segue mantida em 40% do limite. A decisão de manter o período de transição ocorre após o Estado registrar aumento no número de internações, que voltou a ficar acima dos 80%, e casos do coronavírus.

“Os indicadores da pandemia recomendam cautela neste momento e é cautela q estamos adotando”, disse Doria. Na manhã desta terça (26), também foi confirmado pelo governo paulista um caso da variante indiana da doença, chamada de B.1.617, em um passageiro que desembarcou no Aeroporto de Guarulhos no dia 22 de maio.

  • TRANSIÇÃO

O Estado de São Paulo está, desde 18 de abril, na chamada ‘fase de transição’ do Plano São Paulo, que regula o funcionamento dos setores da economia.

Esta fase, criada para representar uma etapa transitória da fase emergencial, a mais rigorosa da quarentena, não leva em consideração os indicadores da da pandemia no estado.

Se índices como taxa de ocupação de leitos fossem levados em conta, a maior parte da população do estado estaria na Fase Vermelha, a mais restrita do Plano São Paulo.

Publicidade - Anuncie aqui