Audi, à frente, em cena de filme consagrado (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Audi, à frente, em cena de filme consagrado (Divulgação)
Audi, à frente, em cena de filme consagrado (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui

do Portal Megaphone

O filme brasileiro ‘Hoje eu Quero Voltar Sozinho’, estrelado pelo itapirense Fábio Audi, não está mais na disputa pelo Oscar de melhor filme estrangeiro.

O longa-metragem de Daniel Ribeiro caiu da lista de indicações após a divulgação de nova relação pela Academia de Hollywood, no dia 19.

O argentino ‘Relatos Selvagens’ e o polonês ‘Ida’ seguem na corrida pela cobiçada estatueta, maior prêmio do cinema mundial. Ainda são nove filmes na lista, dos quais cinco vão receber a indicação final ao prêmio.

Lançado em abril nos cinemas, ‘Hoje eu Quero Voltar Sozinho’ conta a história de Leonardo, um adolescente homossexual e portador de deficiência visual, que é interpretado pelo ator Guilherme Lobo.

Superprotegido pela mãe, ele se vê em um conflito para se tornar mais independente em um período de descobertas a respeito de si mesmo. Audi faz o papel de Gabriel, que se torna melhor amigo de Leonardo. A relação se tonar um romance gay. A obra nasceu do também premiado curta-metragem de nome semelhante, ‘Eu Não Quero Voltar Sozinho’, de 2010, do qual o itapirense também participou.

A indicação ao Oscar foi feita pelo Ministério da Cultura no dia 18 de setembro. A reportagem tentou contato com Audi, sem sucesso. Atualmente, ele integra o elenco da novela ‘Alto Astral’, no ar pela TV Globo.

Filmes que ainda seguem na lista de indicações:

Argentina – “Relatos selvagens” – Damián Szifrón
Estônia – “Tangerines” – Zaza Urushadze
Georgia – “A ilha dos milharais” – George Ovashvili
Mauritânia – “Timbuktu” – Abderrahmane Sissako
Holanda – “Accused” – Paula van der Oest
Polônia – “Ida” – Paweł Pawlikowski
Rússia – “Leviathan” – Andrey Zvyagintsev
Suécia – “Force Majeure” – Ruben Östlund
Venezuela – “Libertador” – Alberto Arvelo