Cães e gatos, principalmente, sofrem muito por causa dos fogos (Ilustração)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Cães e gatos, principalmente, sofrem muito por causa dos fogos (Ilustração)
Cães e gatos, principalmente, sofrem muito por causa dos fogos (Ilustração)
Publicidade - Anuncie aqui

Datas especiais como Natal, Ano Novo, Copa do Mundo, finais de campeonatos de futebol e outras ocasiões sempre vem acompanhadas de muitos fogos de artifício.

O que muita gente não sabe é que os animais não se comportam bem diante dos barulhos gerados pelas bombas, e muitos, literalmente, morrem de susto, já que seus ouvidos sensíveis não comportam o estrondo de alguns tipos de fogos.

Nessas épocas também é comum que muitos animais, especialmente cães e gatos, se percam de seus donos. Eles não sabem como agir, ficam confusos e saem correndo, batem em objetos e tentam transpor bloqueios, como portas de vidro e grades. O pânico desorienta o animal, que tende a correr desesperado e sem destino. Muitos animais podem sofrer paradas cardiorrespiratórias, convulsões e ter diversos problemas que podem os levar à morte.

Essa situação, por exemplo, motivou a Federação Italiana de Associações Para os Direitos dos Animais a lançar um guia com dicas para donos de animais saberem como agir quando seus bichinhos se assustarem com os fogos de fim de ano. Entre as principais dicas está a de não deixar seus amigos de quatro patas sozinhos; deixar sacadas fechadas; não deixe os gatos saírem; não leve seu cachorro para assistir a queima de fogos; se sair com o cachorro, não o deixe de forma alguma sem coleira.

Durante a queima de fogos, também é importante deixar os animais trancados temporariamente em algum cômodo da casa que não ofereça risco. Deixe o volume da TV bem alto ou um rádio, para disfarçar um pouco o barulho. A Federação também recomenda que os animais estejam usando placas de identificação mesmo estando em casa, para o caso de uma fuga. Se verificar algum comportamento estranho em seu animal após a queima, chame um veterinário. De acordo com a associação pela defesa dos animais Gaia Animali & Ambiente, o barulho dos fogos de artifício são tão altos para os cachorros que provocam dor. Os gatos costumam fugir correndo e podem ser atropelados. Os pássaros perdem o senso de orientação e podem trombar contra árvores ou paus. O PEA (Projeto Esperança Animal) também tem uma página que fala sobre o assunto, com dicas e outras informações.