Ações de fiscalização aconteceram no fim de semana em Itapira (Paulo Bellini/ItapiraNews)

A operação desencadeada no primeiro fim de semana de ‘lockdown noturno’ em Itapira resultou em 43 fiscalizações de diversos tipos.

A ação começou no sábado (19) e envolveu equipes da GCM (Guarda Civil Municipal), PM (Polícia Militar) e fiscais da Divisão de Fiscalização de Posturas e da Vigilância Sanitária.

O objetivo foi coibir eventuais infrações às novas regras adotadas em conjunto pelas prefeituras de Itapira, Mogi Mirim, Mogi Guaçu e Estiva Gerbi, que proíbem o atendimento presencial de estabelecimentos comerciais após 19h00 e até 5h00.

As regras também vetam a venda e o consumo de bebidas alcóolicas, bem como a realização de eventos, reuniões religiosas e qualquer tipo de aglomeração para conter o avanço do coronavírus.

As ações de fiscalização passaram por bares e restaurantes, além de outros estabelecimentos como supermercados. Uma igreja chegou a ser notificada na noite do domingo (20) por gerar aglomerações.

As equipes da PM e da GCM também atuaram na Praça Mogi Mirim, na Santa Cruz, e na praça central do Distrito de Eleutério, além de alguns pontos específicos da cidade que costumam reunir jovens aos finais de semana.

Publicidade - Anuncie aqui