O diretor Anderson Martelli monitorou a frota (Divulgação)

A Sama (Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente) iniciou o monitoramento da frota municipal movida à diesel para avaliação de eventual emissão de fumaça preta.

O trabalho, coordenado pelo diretor da pasta, biólogo Anderson Martelli, começou na última terça-feira (20). O monitoramento é obrigatório e segue legislação municipal instituída em 2009.

O objetivo do monitoramento é verificar os veículos que estão liberando fumaça com tonalidade escura devido a problemas mecânicos, que podem ser danosas ao meio ambiente.

A medição é feita por meio da chamada Escala de Ringelmann, instrumento autorizado pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) especificamente para o trabalho.

Nos casos de veículos com fumaça de tonalidade acima do permitido, a Sama emite um parecer para que o problema seja solucionado.

“A fumaça escura emitida pelo escapamento dos veículos a diesel é sinal de problemas na regulagem. Quanto mais escura a cor da fumaça, maior será o consumo do veículo e a quantidade de partículas emitidas na atmosfera”, frisou Martelli.

Publicidade - Anuncie aqui