Servidores do Estado poderão ficar liberados de pagar pedágio (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Professores, dentistas, médicos, fisioterapeutas e outros profissionais da rede pública estadual, federal e municipal poderão ter isenção no pagamento de pedágio em rodovias estaduais durante o deslocamento ao trabalho.

O Projeto de Lei 775/2016 é de autoria do deputado Márcio Camargo (PSC) e foi aprovado na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) no dia 27 de dezembro, durante sessão no plenário Juscelino Kubitschek. “Isso valoriza os profissionais que se deslocam até outros municípios para colaborar em áreas fundamentais da sociedade, como saúde e educação”, declarou.

A proposta prevê a isenção somente nos dias úteis e nos horários entre seis horas da manhã e dez horas da noite. Os beneficiários devem comprovar que são proprietários do veículo e devem estar em dia com suas atividades profissionais. O credenciamento da isenção será feito por meio de inscrições. Para tornar-se lei, o projeto aguarda a sanção do governador Geraldo Alckmin.