Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Em três ocorrências distintas – sendo uma por roubo, uma por furto qualificado e outra por tráfico de entorpecentes – a GCM (Guarda Civil Municipal) de Itapira conseguiu deter sete pessoas, todas suspeitas de envolvimento nos crimes. Os casos aconteceram em menos de 24 horas e sinalizaram uma rápida reposta das guarnições da corporação aos chamados das vítimas.

Em uma das ocorrências nesta quinta-feira (21), dois homens foram detidos acusados de furto praticado contra uma granja na região rural de Eleutério. A vítima, em contato com a GCM, informou que os indivíduos estariam em um veículo VW/Gol azul, com emplacamento de Mogi Mirim, e que teriam furtado motores utilizados em sua propriedade.

As viaturas iniciaram patrulhamento e os guardas Solange e Depieri se depararam com o referido veículo trafegando no trevo de acesso da Rodovia SP-352 para a antiga vicinal que liga Itapira a Mogi Guaçu. Com apoio de outras viaturas, compostas pelos guardas Richard, Rodrigo, Cássio e Cavallaro, foi iniciado o acompanhamento. Os indivíduos tentaram fuga, mas acabaram parando momentos depois e, ao serem abordados, acabaram confessando que haviam furtado 19 motores da granja. Eles foram identificados como Alexandre Henrique Vicente, 38, residente em Mogi Mirim, e Lucas Vicente, 42, morador em Mogi Guaçu.

Acusados de furto de motores foram detidos e confessaram crime (Divulgação/GCM)

TRATOR RECUPERADO

Veículo agrícola foi devolvido ao proprietário (Divulgação/GCM)

Já na região rural dos Forões, no final da noite de quarta-feira (20), a equipe de Ronda Rural da GCM conseguiu deter três homens acusados de roubo praticado também contra uma propriedade rural localizada em Barão Ataliba Nogueira. Os ladrões foram detidos quando já fugiam com o trator e confessaram o roubo.

Eles ainda disseram que outros dois homens estavam na propriedade das vítimas mantendo-as como reféns. As viaturas foram ao local, mas os criminosos já haviam deixado a propriedade. Neste caso, a informação chegou ao conhecimento da GCM através de denúncias de populares que estranharam a presença de um trator trafegando à noite pela estrada.

Na propriedade das vítimas, os guardas também localizaram um Ford/Focus que teria sido utilizado pelos ladrões. A ocorrência mobilizou os guardas Faraco, Martinelli, Braz, Batista, Bacchin, Marques e Claudinei. Os detidos foram identificados como Wilson Siqueira, Bruno Cassiano Sousa e Maurício Ribeiro. A polícia já sabe a identidade dos homens que teriam permanecido na residência fazendo as vítimas – um casal – como reféns.

Trio fugia com trator roubado: prisão (Divulgação/GCM)

DROGAS

Dupla estava com drogas e tentou fugir, sem sucesos (Divulgação/GCM)

Por fim, também nesta quinta-feira, os guardas Cavallaro e Cássio, com apoio de Rodrigo e Richard, conseguiram deter Alexander Silva e Kenedy Araújo na região do Loteamento José Tonolli. Os dois estavam em uma motocicleta Honda/Bros e esboçaram nervosismo quando perceberam a presença das viaturas que patrulhavam o bairro.

Os guardas deram ordem de parada, mas o condutor da moto empreendeu fuga, com o ocupante da garupa – Silva – dispensando um volume na via pública. Uma das viaturas prosseguiu no acompanhamento, enquanto que a outra parou e recolheu o pacote, descobrindo se tratar de 41 pedras de crack prontas para o comércio. Momentos depois, a dupla foi abordada, e mesmo diante da resistência, acabaram detidos.

Em todas as ocorrências, os acusados passaram por exame de corpo de delito e foram conduzidos à Delegacia de Polícia, sendo apreendidos em flagrante pelas autoridades da Polícia Civil e recolhidos à UDTE (Unidade de Detenção, Triagem e Encaminhamento). Os veículos envolvidos nas ações criminosas foram apreendidos, bem como as drogas; enquanto que o trator e os motores foram restituídos às respectivas vítimas.

Porçõe sde crack foram apreendidas na Delegacia (Divulgação/GCM)