Dupla levou a pior em abordagem a carro onde estava GCM (Reprodução/Mogi Guaçu Acontece)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Dupla levou a pior em abordagem a carro onde estava GCM (Reprodução/Mogi Guaçu Acontece)
Dupla levou a pior em abordagem a carro onde estava GCM (Reprodução/Mogi Guaçu Acontece)
Publicidade - Anuncie aqui

Uma possível tentativa de assalto ocorrida em Mogi Guaçu na madrugada deste sábado (14) terminou com um dos suspeitos morto e outro baleado na perna.

O caso aconteceu por volta de 1h40 na região do Jardim Novo I. Segundo o registro da ocorrência, as duas pessoas baleadas teriam tentado assaltar um GCMa (Guarda Civil Municipal) de Artur Nogueira (SP), que estava de folga e passeava com a família em Mogi Guaçu.

O carro em que a família estava trafegava pela Rua Avelino de Morais. A esposa do GCM conduza o veículo e as duas filhas do casal estavam no banco traseiro. Inesperadamente, uma motocicleta Honda/Titan com dois ocupantes emparelhou com o carro, dando ordens para que a motorista parasse. O ocupante da garupa, armando, mandou que ela abrisse a porta, mas a ordem não foi atendida.

O suspeito então deu a volta no carro para abrir a porta do passageiro. Foi quando o GCM sacou um revólver calibre 38 e e efetuou um disparo pelo vidro do carro, atingindo no peito Matheus Henrique Ferreira, 21, que já caiu praticamente sem vida.

O outro ocupante da moto, posteriormente identificado por Marcelo Prestes dos Santos, também de 21 anos, pegou a arma e também foi atingido com um tiro na perna e tentou deixar o local, mas desistiu em seguida. Ele foi socorrido pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) depois que o GCM acionou a Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal da cidade.

O corpo de Ferreira foi removido ao IML (Instituto Médico Legal) para exames e posterior liberação à família. Já Santos foi levado à Santa Casa e posteriormente apresentado na Central de Polícia Judiciária. Ele deverá responder por tentativa de assalto. O local da ocorrência foi periciado é um inquérito será instaurado para apurar as informações do caso. As informações são do Mogi Guaçu Acontece.