Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O governador João Doria anunciou nesta segunda-feira (29) que as pessoas que não utilizarem máscaras em espaços de uso comum no Estado de São Paulo poderão ser multadas.

A medida começará a valer na quarta-feira, dia 1º de julho, e a fiscalização será realizada pela Vigilância Sanitária dos municípios.

Nos espaços públicos, como ruas e praças, a pessoas que não estiverem usando a proteção poderá ser multada em R$ 500,00.

Os estabelecimentos comerciais que descumprirem a regra também poderão ser multados em até R$ 5 mil por pessoa sem máscara a cada fiscalização. Segundo o governador, a medida é mais uma ação para prevenir e combater o coronavírus.

“Queremos atingir 100% das pessoas usando máscaras, pois isso reduz sensivelmente a possibilidade de transmissão do coronavírus. O objetivo do Estado e das Prefeituras não é punir, mas orientar, alertar as pessoas sobre a importância de proteger vidas. Não há nenhum sentido arrecadatório e nem punitivo, mas de alertar a população para que use máscaras”, disse Doria.

Os valores serão integralmente repassados ao programa Alimento Solidário, que distribui cestas de alimentos para famílias carentes. As novas regras serão publicadas em resolução no Diário Oficial do Estado.

As denúncias sobre locais com pessoas sem máscara poderão ser feitas pelo telefone 0800 771 3541, disque-denúncia da Vigilância. A ligação é gratuita e permite também registro de denúncias relacionadas às Leis Antifumo e Antiálcool para menores.