Mapa mostra 17ª atualização do Plano São Paulo (Reprodução)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A reclassificação do Plano São Paulo anunciada nesta sexta-feira (8) pelo Governo do Estado de São Paulo não trouxe mudanças na situação das cidades da região que respondem à DRS-15 (Direção Regional de Saúde) de São João da Boa Vista.

Itapira, bem como Mogi Mirim, Mogi Guaçu e Estiva Gerbi, por exemplo, seguem classificadas na Fase Amarela. O Plano São Paulo é responsável por estabelecer os critérios para abertura da economia durante a pandemia do novo coronavírus.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

A Fase Amarela permite a abertura controlada de atividades como shoppings, bares, academias, restaurantes, escritórios e comércio de rua, por exemplo. As medidas condicionadas incluem redução de capacidades de público e de horários de funcionamento, bem como adoção de cuidados para manter o distanciamento e uso obrigatório de máscara e de álcool em gel.

Durante o anúncio, as regiões de Marília, Sorocaba e Registro regrediram à Fase Laranja, que possui mais restrições. Já a região de Presidente Prudente, que estava na Fase Vermelha, a mais restritiva, avançou para a Fase Laranja.

O governo estadual tem demonstrado preocupação com o aumento do número de casos no território paulista. Na região, por exemplo, cidades como Mogi Mirim já sofrem com altas taxas de ocupação dos leitos da Santa Casa. A próxima reclassificação do Plano São Paulo está marcada para o dia 5 de fevereiro.

Publicidade - Anuncie aqui