Novo extintor está em falta (Reprodução)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Novo extintor está em falta (Reprodução)
Novo extintor está em falta (Reprodução)
Publicidade - Anuncie aqui

O Ministério das Cidades suspendeu a obrigatoriedade do uso do extintor tipo ABC nos veículos automotores em todo o país. A medida foi adotada nesta segunda-feira (5) e vale por 90 dias. O motivo é a grande procura dos proprietários, que levou à falta do equipamento praticamente no Brasil inteiro.

Durante este período nenhum motorista poderá ser multado e ter a carteira pontuada caso não esteja com o extintor tipo ABC no carro. A ausência do equipamento custaria multa de R$ 127,69 e cinco pontos.

A determinação do uso de extintores desse modelo foi aprovada em 2009 pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito), mas só entrou em vigor no primeiro dia deste ano. A busca fez com que o dispositivo esgotasse no mercado, e a indústria não tem conseguido suprir a demanda. A troca é obrigatória para carros com ano/modelo inferiores a 2004/2005. Depois desse ano, todos os veículos já saíram de fábrica com os extintores ABC.

Contudo, a falta do equipamento também afeta os motoristas que estão com os extintores vencidos e precisam trocá-lo. Os carros fabricados anteriormente vinham com extintores tipo BC, capaz de combater chamas em óleos combustíveis e cabos energizados, por exemplo. Já o modelo ABC tem sua eficácia estendida aos tapetes, revestimentos e estofados, por exemplo.