Publicidade - Anuncie aqui também!
Antônio Caio está parada desde quarta-feira
Antônio Caio está parada desde quarta-feira
Publicidade - Anuncie aqui

A greve dos professores estaduais terá manifestação nesta sexta-feira (20) em Itapira. Um ato da categoria é previsto para acontecer às 10h00 na Praça Bernardino de Campos, região central da cidade.

Desde quarta, os professores da rede que atuam nas oito unidades do Estado em Itapira estão aderindo ao movimento que cobra melhores condições trabalhistas e salariais, entre outras reivindicações.

No município, cerca de 5,5 mil alunos são atendidos pelas escolas estaduais. O ato na Praça também deverá abrigar uma ação que envolverá pais e alunos, com o objetivo de integrar a sociedade à luta de classe.

Até o final de quarta-feira (18), a Apeoesp (Associação dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) informava que 86 mil profissionais já haviam aderido à greve. O número representa mais de 30% do total de professores da rede, de 230 mil.

Em Itapira, no mesmo dia, a Escola Estadual ‘Antônio Caio’ paralisou totalmente suas atividades. A informação apurada junto a professores foi de que outras unidades já estavam com atividades parcialmente suspensas, sendo esperada maior adesão até o final desta semana ou início da próxima.

Para o coordenador da subsede da Apeoesp em Mogi Mirim (SP), Nevile Damarino, ainda não há como definir exatamente a dimensão do movimento na cidade. “A greve está se construindo. Na (escola) Antônio Caio a adesão foi de 100%. Já na Fenízio Marchini, Júlio Mesquita e Pedro Ferreira Cintra, até hoje (quarta-feira) não há adesão. Tem um grupo de professores que montou um comando de greve e está conversando com os colegas para aderirem ao movimento”, informou.

Um ato também foi promovido em Mogi Mirim, nesta quarta-feira, reunindo perto de 50 profissionais da categoria. A reportagem cobrou um posicionamento da Secretaria Estadual de Educação, mas nada foi informado até a publicação desta matéria.

Publicidade - Anuncie aqui