publicidade - anuncie aqui
O grupo de oposição ao governo municipal em Itapira, que tem como principal liderança o deputado estadual Barros Munhoz (PSDB), possui cinco nomes previamente interessados em concorrer ao cargo de prefeito nas eleições municipais de outubro.
José Natalino Paganini, 70; Tiago Fontolan, 42; Newton Santana, 65; Djalma de Oliveira, 48; e Maurício Cassimiro de Lima, 45, estão oficialmente posicionados como pré-candidatos ao Executivo, conforme garantiram à reportagem do Itapira News.
Já há algum tempo todos foram liberados a iniciar uma acentuada movimentação nesse sentido. A tática é, primeiramente, sentir a repercussão a partir da exposição do nome e, na sequência, ser o escolhido como pré-candidato do grupo para disputar o pleito.
Eleito vereador em 2016 e com passagens pelo comando de três secretarias na segunda gestão de Paganini – Promoção Social, Cultura e Turismo e de Governo –, o comerciante Tiago Fontolan, 42, explica que a ideia de se apresentar como pré-postulante à Prefeitura amadureceu ao longo do tempo vivenciado na política e garante que está preparado para tamanha incumbência.
“Estou na política desde 2011. Disputei duas eleições para vereador. Na primeira, apesar de ter sido o quinto mais votado, não entrei por causa do quociente eleitoral. Me elegi em 2016 como o quarto mais votado, mas saí para assumir as secretarias”, recorda. “Vivenciei muito o dia a dia do Executivo quando fui secretário e consegui ver na prática tudo aquilo que o cidadão precisa”, ressalta.
O mais experiente dos cinco é o empresário José Natalino Paganini, 70, que ocupou a cadeira principal do Paço Municipal durante duas gestões consecutivas: 2013/2016 e 2017/2020.
“Minha pré-candidatura a prefeito se tornou natural desde outubro do ano passado, em função do querer, gostar e achar que tenho todas as condições de me colocar nessa posição”, constata.
José Natalino Paganini (Foto: Divulgação)
Como representante comercial da empresa que dirige, ele salienta que é indagado constantemente sobre a possibilidade de concorrer no próximo pleito municipal.
Reitera também que os dois mandatos seguidos exercidos concederam o conhecimento necessário para se posicionar novamente à disposição do grupo político do qual sempre fez parte.
Outro que está animado para encarar a difícil missão no âmbito da administração pública e anunciou a pré-candidatura a prefeito foi o empresário Djalma de Oliveira, 48, que comanda a RCE Construções Elétricas.
Djalma de Oliveira (Foto: Paulo Bellini/ItapiraNews/Arquivo)
Apesar de nunca ter participado diretamente da política, ele é filho do ex-vereador Dirceu de Oliveira, que exerceu o posto de legislador por cinco mandatos consecutivos.
“Sempre tive vontade. Meu pai está na política desde 88 e cresci nesse meio. Acredito que está na hora de fazer ainda mais pelos itapirenses”, diz.
Para ele, é perfeitamente possível aplicar muito do conhecimento empresarial no dia a dia da gestão do município. “Sei que a Prefeitura necessita de entrega total, tanto que pretendo abrir mão dos negócios para me dedicar inteiramente à tarefa”, reforça.
  • BAGAGEM
Quem também carrega na bagagem dois mandatos consecutivos, mas na esfera do Legislativo (2013/2016 e 2017/2020), é o cirurgião-dentista Maurício Cassimiro de Lima, 45. O ex-vereador conta que mantém o desejo de concorrer ao Executivo desde o final da segunda legislatura.
Maurício Lima (Foto: Divulgação)
No caminhar dos últimos quatro anos a ideia ganhou força, ocasião em que decidiu apresentar a intenção ao grupo político. Lima pontua que os oito anos de vereança proporcionaram muita experiência, inclusive com enorme noção do que acontece dentro da própria Prefeitura.
“Deu para entender como o sistema funciona. Acredito que tenho experiência e juventude necessárias para ter forças e buscar dar uma levantada na cidade”, complementa.
O médico ginecologista Newton Santana, 65, foi o escolhido pelo grupo oposicionista para concorrer a prefeito nas eleições passadas, quando acabou derrotado por Toninho Bellini.
Agora se coloca novamente como pré-postulante à cadeira maior do Paço Municipal. “Por ser uma pessoa pública, principalmente trabalhando há anos junto ao terceiro setor, essa ligação com a população sempre foi amadurecendo”, reafirma.
Newton Santana (Foto: André Santiago/Divulgação)
Ele se considera pronto, ainda mais pela vivência no último pleito, quando se envolveu no ritmo alucinante de uma campanha eleitoral. “Tudo isso me deu mais cacife para essa nova empreitada, se o grupo assim desejar. Estou mais amadurecido e tudo vem acontecendo naturalmente no dia a dia”, completa.
Os cinco revelaram à reportagem do Itapira News que aprovaram o método adotado pelo grupo político, de liberar as pré-candidaturas e optar por uma decisão somente mais adiante. Classificaram o procedimento como democrático, salutar e dentro do tempo correto.
Print Friendly, PDF & Email
Publicidade - Anuncie aqui