Idoso de 99 anos deixou hospital nesta terça-feira (Divulgação/Exército)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Aos 99 anos, o ex-integrante da Força Expedicionária Brasileira (FEB) Ermando Piveta recebeu alta nesta terça-feira (14) do Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília.

Ele ficou internado após contrair o Covid-19 e é o brasileiro mais velho a deixar o hospital após tratamento do novo coronavírus.

Segundo Nestor Francisco Miranda Júnior, diretor-técnico do HFA, o paciente chegou ao hospital no dia 6 de abril com um quadro de infecção pulmonar.

“Já era sabidamente Covid positivo e teve uma infecção bacteriana secundária. As primeiras 48 horas foram mais complicadas porque teve que ficar no CTI (Centro de Terapia Intensiva), em observação ventilatória, o desconforto era grande, mas não chegou a evoluir para ventilação mecânica”, afirmou.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

“A partir disso, houve uma grande melhora, respondendo bem aos antibióticos empregados e hoje ele recebe alta já curado e pronto para seu convívio familiar”, acrescentou. O militar da reserva permaneceu por oito dias na Ala Covid do hospital, exclusiva para os casos positivos da doença.

“Vencer esta batalha para mim foi maior do que vencer a guerra, porque essa é uma peste, como em 1918 [Gripe Espanhola], é mundial. Eu saí dessa. Para mim, foi uma luta tremenda, mais do que na guerra. Na guerra você mata ou vive. Aqui você tem que lutar para viver e eu saí dessa luta vencedor”, disse Piveta ao deixar o hospital, conforme divulgou o Exército brasileiro.

Ele agradeceu os cuidados da equipe de saúde. “Quero dar os parabéns à equipe médica que tanto me ajudou e a força que o Exército me deu, acompanhando minha saúde. Estou com uma emoção tremenda.”