Cão foi morto com requintes de crueldade na Vila Penha do Rio do Peixe (Divulgação)
Publicidade    
Publicidade - Anuncie aqui

Um homem de 57 anos foi detido no final da tarde da última quarta-feira (31) em Itapira depois de agredir e matar um cachorro que vivia em sua casa, na região da Vila Penha do Rio do Peixe.

Depois de prestar depoimento na Delegacia de Polícia, o acusado foi liberado e vai responder pelo crime de maus tratos com agravante de morte. Ele também foi multado em R$ 12 mil pela Patrulha Ambiental de Itapira por agressão, crueldade, tortura e morte praticados contra o animal, um cão macho de aproximadamente 9 anos de idade.

O chefe da Patrulha Ambiental, Rogério Oliveira, foi acionado por volta das 18h45 para prestar apoio à Polícia Militar, que atendeu a ocorrência. Segundo uma testemunha, o homem segurou o cão pelas patas traseiras e o arremessou várias vezes contra o solo. O caso aconteceu depois que o cão mordeu um filhote de gato que também estava na casa.

O local foi periciado pelo IC (Instituto de Criminalística) da Polícia Civil. Os gatos que estavam na casa também foram recolhidos pela Patrulha Ambiental e acolhidos pelo Clube Amor De Quatro Patas e encaminhados a atendimento veterinário. Nas redes sociais, o caso gerou muita revolta.