Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Um homem de 36 anos foi preso em flagrante na madrugada desta terça-feira (3) depois de agredir o próprio filho de apenas sete anos com uma martelada na cabeça.

O caso aconteceu na Rua Evaristo Bianchesi, no Istor Luppi. Segundo apurado, o alvo da agressão seria sua ex-companheira e mãe do menino, mas o golpe acabou atingindo a criança.

O caso ocorreu por volta das 22h00. O homem estaria embriagado, segundo testemunhas, e deixou o local após cometer o ato de violência.

O menino foi socorrido por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levado ao Pronto Socorro do Hospital Municipal, onde permanece internado. Segundo apurado, ele teria sofrido afundamento craniano.

A ocorrência foi atendida pela GCM (Guarda Civil Municipal). O Conselho Tutelar foi acionado e acompanha o caso. Já por volta da 1h00 da manhã, a Polícia Militar recebeu informações de que o autor da agressão teria retornado ao local.

Os policiais Di Falco e Valim foram averiguar e se depararam com o acusado, que imediatamente já tentou se evadir novamente. Ao ser abordado, ele investiu contra o PM Valim, agredindo-o fisicamente.

O homem, identificado por Marcos Roberto Couto foi contido pelos policiais e algemado, sendo conduzido à Delegacia de Polícia, onde foi apresentado ao escrivão Chaim e preso em flagrante pelo delegado Richard Lolli.

Ele já tinha contra si uma medida protetiva que o impedia de se aproximar da mulher. O homem também já possui histórico de agressividade contra a família: Em 2013, o acusado também foi detido após espancar a então companheira, que na época estava grávida do menino.

Publicidade - Anuncie aqui