Espingardas foram apreendidas na casa de acusado
Publicidade - Anuncie aqui também!
Espingardas foram apreendidas na casa de acusado
Espingardas foram apreendidas na casa de acusado
Publicidade - Anuncie aqui

Um homem de 39 anos foi preso em flagrante na noite de terça-feira (6), por porte ilegal de armas de fogo.

O armamento – três espingardas – somente foi descoberto depois que ele atirou em um cachorro pertencente a um vizinho. Apesar da prisão em flagrante, ele pagou fiança de R$ 1 mil e foi liberado.

O caso aconteceu em uma fazenda da região de Barão Ataliba Nogueira. Segundo os registros da ocorrência na Delegacia de Polícia, por volta das 23h30 o auxiliar de serviços gerais J. F. S. efetuou um disparo contra o cachorro, um mestiço da raça Rottweiler.

A motivação para o ato seria o fato de o cão atacar os bezerros no pasto da propriedade em que o acusado reside. O cachorro foi socorrido por seus proprietários e levado a uma clínica veterinária da cidade, onde permanece internado. Segundo apurado pela reportagem, o animal não corre risco de morte. Os donos do cão, que moram na mesma propriedade, acionaram a GCM (Guarda Civil Municipal) e narrou os fatos ocorridos anteriormente, denunciando o auxiliar pelo disparo contra o cão.

Os guardas que atenderam a ocorrência foram à casa de J., sendo recebidos pelo próprio, que confirmou que havia atirado no cachorro. Em sua casa foram encontradas três espingardas, sendo duas de calibre 32 e uma de calibre 36. Esta última, segundo o depoimento do acusado, foi utilizada para ferir o cão no pasto e era a única em perfeito estado de funcionamento.

Como o auxiliar não possuía qualquer registrou ou autorização referente à posse das armas, ele recebeu voz de prisão e foi conduzido à Delegacia de Polícia. Após prestar depoimento, a fiança foi arbitrada pelo delegado Paulo Roberto Agostinette, com o pagamento sendo feito e o indivíduo sendo solto para responder em liberdade. Foram registrados boletins de ocorrência por posse irregular de arma de fogo e de prática de abuso a animais. As armas permaneceram apreendidas.

Publicidade - Anuncie aqui