Depois de cumprir pena por estupro, acusado novamente tentou cometer o crime contra criança e voltou à cadeia (Divulgação/Polícia Militar)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Um homem de tantos anos foi preso em flagrante no final da tarde desta terça-feira (27) em Itapira, acusado de tentar estuprar uma menininha de apenas três anos – que é sua sobrinha, filha de sua própria irmã.

Vanderlei Aparecido Modesto, de 35 anos, foi surpreendido por um vizinho da casa, no Istor Luppi, em cima da criança, já em vias de consumir a conjunção carnal. Segundo os policiais, ele inclusive estava com o órgão genital exposto, mas não chegou a manter a relação propriamente dita.

O homem saiu da prisão há uma semana, depois de cumprir uma pena de 15 anos por ter sido condenado justamente por estupro. A ocorrência que o mandou de volta para a cadeia aconteceu no final da tarde desta terça. Segundo apurado pela reportagem, os policiais soldado Caires e cabo Fátima patrulhavam pela região quando foram acionados por populares.

A mãe da criança havia solicitado auxílio a um amigo, que ficou olhando a menina enquanto ela se deslocava a uma padaria. Foi nesse meio tempo que o amigo da moça percebeu que a porta de um quarto da residência estava trancada e, ao abri-la, flagrou o homem junto à criança, tapando sua boca com a mão para que ela não gritasse ou chorasse.

Ele já estava com o órgão genital entre as pernas da criança, mas não chegou a manter contato com os genitais da menina. Com a chegada dos policiais Caires e Fátima, ele recebeu voz de prisão e foi conduzido à Delegacia de Polícia, onde acabou autuado em flagrante, por estupro de vulnerável, pela delegada Paula Casalli Dezotti, sendo recolhido à UDTE (Unidade de Detenção, Triagem e Encaminhamento). A criança foi levada ao Pronto Socorro do Hospital Municipal, onde passou por exames. Felizmente, ela passa bem.