Douglas chegou a ser socorrido, ms não resistiu (Portal Mogi Guaçu)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Indícios apontam para suicídio, diz Polícia Civil (Portal Mogi Guaçu)
Indícios apontam para suicídio, diz Polícia Civil (Portal Mogi Guaçu)
Publicidade - Anuncie aqui

do Portal Mogi Guaçu

A Polícia Civil de Mogi Mirim instaurou inquérito para apurar as circunstâncias da morte de Douglas Marques de Oliveira, 24, morador no bairro do Mirante.

Ele morreu na tarde de terça-feira (10), com um tiro no pescoço, dentro do Estádio José Geraldo Solidário, no mesmo bairro.

A princípio, a informação era de que o rapaz havia sido morto após troca de tiros com a Guarda Civil Municipal. Porém, a Polícia Civil levantou dados que podem caracterizar suicídio. O fato segue em apuração.

A ocorrência teve origem na região central, quando Douglas, armado com um revólver calibre 32, teria ido até o Mirante em companhia de uma mulher e o filho. A polícia apura se Douglas obrigou os dois a acompanhá-lo. No trajeto, acabou se dirigindo até o campo. No caminho, segundo a polícia, ele teria efetuado um disparo para o alto.

Douglas chegou a ser socorrido, ms não resistiu (Portal Mogi Guaçu)
Douglas chegou a ser socorrido, ms não resistiu (Portal Mogi Guaçu)

No campo do Mirante, o rapaz desceu do carro e entrou nas dependências. Com a arma em punho, teria ameaçado uma equipe da limpeza pública que trabalhava no local. Por conta disso, a GCM foi acionada. Quando a viatura chegou ao campo, Douglas teria efetuado um disparo contra os guardas, que revidaram.

De imediato, os GCMs ouviram um estampido e viram Douglas ferido e cambaleando, caindo num gramado, na sequência. Socorrido, ele faleceu na Santa Casa. O delegado de plantão foi até o hospital e constatou que o orifício no pescoço de Douglas era próprio de um ferimento provocado por um projétil de calibre 32.

Como portava um revólver deste calibre, o delegado acredita que o rapaz tenha cometido suicídio. O caso foi apresentado da DDM, até por já haver uma ocorrência de estupro contra Douglas, registrada pela ex-namorada.