Equipe que atua na Unidade de Cuidados Intermediários do Hospital Municipal (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) do Hospital Municipal de Itapira celebra nesse mês o ‘Novembro Roxo’, que é dedicado à conscientização e à prevenção da prematuridade.

A unidade, com capacidade de cinco leitos, atende em média 10 bebês por mês e garante à assistência de várias crianças do município e da região.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

“A grande maioria dos prematuros precisa de algum suporte, especialmente até atingir um peso adequado pra alta, e o nosso trabalho é preparar o bebê para ter condição de segurança de alta para ir pra casa saudável”, explica o médico pediatra Celso Mendes.

O pediatra também salienta a importância do Banco de Leite neste processo. “O objetivo é que a criança saia sendo amamentada. Por isso o Banco de Leite exerce um papel fundamental através do incentivo a amamentação e do fornecimento do leite materno”, destaca.

“O leite materno é essencial para o bebê e diminui a incidência e a gravidade de algumas doenças específicas dessa fase de desenvolvimento da criança”, frisa a enfermeira Juliano Belinello, responsável pelo Banco de Leite Humano de Itapira.

Julia Moyses Breda Fracarolli, enfermeira neonatologista, faz um alerta para as mães. “É importante que as gestantes estejam atentas aos sinais da prematuridade. O corpo avisa que alguma coisa não está legal”.

Ela também explica quais sinais são importantes observar. “Alguns sintomas que podem ocasionar o trabalho de parto prematuro são contrações, infecções de urina muito recorrentes, diabetes, pressão alta, entre outros”, afirma.

A enfermeira ainda ressalta a importância de fazer o acompanhamento corretamente. “É indispensável seguir o pré-natal, fazer todos os exames e ficar atenta aos sinais que o corpo dá”.

A equipe da Unidade de Cuidados Intermediários é formada por pediatras, enfermeiros, fonoaudiólogos, fisioterapeutas e técnicos em enfermagem que além do atendimento ao bebê proporciona suporte para as famílias.

Publicidade - Anuncie aqui