Publicidade - Anuncie aqui também!
Casa da Cultura ganhou nova iluminação para campanha de saúde (PMI)
Casa da Cultura ganhou nova iluminação para campanha de saúde (PMI)
Publicidade - Anuncie aqui

Em sintonia com o movimento mundial de mobilização pela conscientização da importância da detecção precoce do câncer de mama, a Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura, iniciou ontem a campanha “Outubro Rosa”, em Itapira, com ativação da iluminação e decoração na cor rosa na Casa da Cultura “João Torrecillas Filho”. A iniciativa está em sintonia com o slogan da campanha – “Acenda sua consciência”–, que referie-se ao fato do movimento mundial ter como símbolo o laço rosa.

A campanha, que se estenderá durante todo o mês de outubro, prevê ações preventivas nas unidades de saúde, palestras e divulgação da importância da prevenção em toda a cidade através de faixas, cartazes, folhetos e outdoor. Nas Unidades Básicas de Saúde/UBS, as enfermeiras responsáveis promoverão rodas diárias de conversa com as mulheres presentes sobre a importância do auto- exame das mamas e sobre a realização de mamografias. Nos próximos dias, estarão sendo agendadas palestras na Casa da Cultura com o Grupo de Apoio às Mulheres em Reabilitação ao Câncer de Mama.

O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais frequente no mundo e também o mais comum entre as mulheres. É grave, mas pode ser curado se for rápida sua detecção. Entre os fatores de risco, história de câncer na família, idade acima de 35 anos, primeira menstruação precoce (antes dos 12 anos), menopausa tardia (após os 50 anos), primeira gravidez após os 30 anos, não ter filhos e ingestão regular de álcool.

Os principais sintomas e sinais da doença são: nódulo ou tumor na mama acompanhado ou não de dor, alterações na pele que recobre a mama e nódulos palpáveis na axila. Para o diagnóstico, são necessários o exame clínico de mama e a mamografia. O tratamento pode ser feito com cirurgia, radioterapia e/ou quimioterapia, hormonioterapia e cuidados paliativos. A prevenção deve ser feita com a realização do exame clínico anual das mamas por profissional capacitado, realização do auto- exame, realização da mamografia após os 40 anos e a adoção de hábitos de vida saudáveis como a prática de exercícios físicos, alimentação rica em frutas, fibras e vegetais, redução da ingestão de gorduras, controle de peso, diminuição do consumo de álcool e abstinência total do fumo.

A Secretaria de Saúde informou que no próximo ano será instalado no novo Centro de Especialidades Médicas, que está sendo construído ao lado do Hospital Municipal, o Ambulatório de Câncer de Mama.