Atividades do Balangandã contam com novidades (Divulgação)

O Instituto Balangandã terá mais novidades a partir de fevereiro, com a abertura de aulas de Sensibilização Musical para crianças e adolescentes com deficiência motora e cognitiva.

A nova modalidade será destinada a crianças e adolescentes com idade entre 0 e 18 anos, que poderão participar das atividades a partir de encaminhamentos de órgãos especializados ou profissionais de saúde e da área educacional.

As aulas semanais serão coordenadas pela professora de música e coordenadora pedagógica Letícia Fernandes Bazani e acompanhadas pela psicóloga Talita Bressiani Jugni.

As atividades oferecidas de forma complementar acontecerão de maneira individualizada, com criação de plano de trabalho e de aula personalizado de acordo com o contexto de cada aluno.

A iniciativa que reforça o papel sociocultural do Instituto Balangandã leva em consideração a importância da música e da arte no desenvolvimento do ser humano.

“Serão utilizadas cantigas folclóricas, parlendas, além de músicas populares brasileiras e clássicas, nas quais serão incluídos voz, movimentação, instrumentos de percussão e recursos sonoros de forma que o aluno vivencie as propriedades do som de maneira lúdica, sem que haja interferência em seu processo natural de desenvolvimento”, comenta Letícia.

De acordo com Talita, as aulas serão desenvolvidas com emprego de técnicas e estratégias que têm como objetivo ensinar, aprimorar e desenvolver, com o estímulo necessário, a capacidade e demanda de cada aluno. “Assim, vamos oferecer condições necessárias para que a pessoa se torne receptiva ao ambiente sonoro. É também por meio dessas estratégias que o aluno atinge o estado de relaxamento, percepção, bem-estar e concentração”, destaca.

Inicialmente serão disponibilizadas seis vagas. O coordenador administrativo do Instituto Balangandã, Paulo Bazani, enfatiza ainda que a presença da psicóloga será constante ao lado dos alunos assistidos. “Ela fará a mediação da aula, orientando-os nas atividades a serem realizadas, bem como o responsável pelo aluno, que deverá estar presente durante a realização das atividades”, comenta.

Neste ano, o Instituto Balangandã completa quatro anos de atividades que estimulam o desenvolvimento de potencialidades de cada indivíduo, proporcionando vivências através do resgate e continuidade das brincadeiras e músicas da infância por meio de práticas musicais e corporais, utilizando-se de repertório da cultura e do folclore brasileiro.

As atividades coordenadas pela Progestcult – Gestão de Projetos contam com o patrocínio das empresas Laboratório Cristália e Haes por meio do ProAC (Programa de Ação Cultural) do Governo de São Paulo, além do Bancoob (Banco Cooperativo do Brasil) por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal.

Atualmente, as atividades se distribuem entre as aulas de sensibilização e musicalização para bebês e crianças com idade entre seis meses e 10 anos, canto coral cênico, prática instrumental (flauta doce) e cultura da infância. Em 2021, o atendimento também será ampliado com aulas de prática instrumental em piano, oficinas de canto e versos para adultos e coral infantil.

Neste momento, a direção do instituto avalia as possibilidades para retomada das aulas presenciais ou em formato híbrido. As rematrículas também estão em andamento e, posteriormente, serão avaliados os pedidos de matrículas de acordo com a disponibilidade de vagas. Mais informações no site www.balanganda.art.br

Publicidade - Anuncie aqui