Continuidade da quarentena provocou nova adaptação da equipe de trabalho (Paulo Bellini/ItapiraNews)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A extensão do período de quarentena motivou o Instituto Balangandã a fazer readequações nos métodos do oferecimento de suas atividades de maneira remota, já que as aulas presenciais seguem suspensas.

Depois da estratégia adotada desde o início das restrições provocadas pela pandemia, que basicamente consistiu na distribuição, aos pais e alunos, dos conteúdos gravados por meio de aplicativos de mensagens instantâneas, agora a direção do Balangandã se adaptou para oferecer aulas online.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

As atividades, realizadas por meio de aplicativos que permitem reuniões virtuais, acontecem nos horários e com duração correspondentes às aulas presenciais dos cursos de Musicalização e de Canto Coral Cênico, que aconteciam no período anterior ao início do isolamento social.

“O objetivo nesta segunda fase de atividades elaboradas especificamente para o período de quarentena é manter o atendimento e melhorar o engajamento entre o Instituto Balangandã e seus alunos, por intermédio dos educadores e da direção”, comenta o gestor da instituição, Paulo Bazani.

Aulas online reforçam contato entre alunos e professores (Divulgação)

O foco principal é manter a oferta de atividades para que o cronograma previsto para o ano não seja afetado. “Como são atividades de curta duração, de uma a duas horas de aula por semana para a maioria dos alunos, acreditamos que este modelo terá sucesso para dar continuidade à transmissão dos conteúdos”, completa Bazani.

As atividades neste novo formato foram implantadas a partir do dia 1º de junho. Na semana anterior foram realizadas aulas-testes com cada uma das turmas para promover a ambientação dos envolvidos com a nova plataforma, bem como solucionar eventuais problemas de conexão e uso do aplicativo.

A educadora Letícia Fernandes, coordenadora pedagógica do Balangandã, destaca que o retorno dos pais e dos alunos tem sido extremamente positivo. “O novo formato permite o retorno de certo contato, ainda que de maneira virtual, entre os professores e os alunos”, comenta.

Vale lembrar que, para preservar a privacidade dos alunos, as aulas não são gravadas. Somete uma imagem coletiva é registrada ao final da aula, com consentimento geral, para fins de prestação de contas.

O público em geral também tem acesso a determinados conteúdos e atividades que são disponibilizadas nas redes sociais do Instituto Balangandã no Facebook (www.facebook.com/institutobalanganda) e no Instagram (www.instagram.com/institutobalanganda), além do canal no Youtube (Instituto Balangandã).

“Essas adaptações nos permitiram, desde o início do isolamento social, manter o contato entre o Balangandã e seus alunos, estimulando o contato com a música e com os conteúdos iniciados anteriormente. As atividades envolvem apreciação musical, brincadeiras e canções da cultura da infância, jogos teatrais, construção de instrumentos e brinquedos, prática instrumental orientada de flauta doce, aquecimentos e aperfeiçoamentos vocais, acompanhamentos melódicos e harmônicos, dentre diversas outras possibilidades”, enfatiza Letícia.

De acordo com ela, por conta do momento vivenciado por todos, foram explorados conteúdos que envolviam não só o aluno, mas todo seu grupo familiar. “O novo formato implantado neste mês visa a reconexão professor-aluno e aluno-aluno, além de fomentar a volta à rotina das aulas, para que a transição futura às aulas presenciais aconteça de forma mais natural. Ao conciliar o calendário de atividades presenciais do Balangandã com o calendário escolar, buscamos facilitar a retomada da rotina das famílias envolvidas”, sugere.

As atividades contam com apoio do ProAC (Programa de Ação Cultural) da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, com patrocínio do Laboratório Cristália e da Haes, além da Funarte – Fundação Nacional das Artes por meio do edital Funarte Descentrarte 2019. Mais informações também podem ser obtidas no site oficial (www.balanganda.art.br) ou pelo telefone/WhatsApp (19) 9. 8110-8181.