Publicidade - Anuncie aqui também!
Menores amotinados durante nova rebelião na Fundação Casa de Mogi Mirim (Reprodução/G1)
Menores amotinados durante nova rebelião na Fundação Casa de Mogi Mirim (Reprodução/G1)
Publicidade - Anuncie aqui

do Portal Mogi Guaçu

Na madrugada de anteontem, menores da unidade Casa Laranjeiras da Fundação Casa, em Mogi Mirim (SP), voltaram a se rebelar.

Segundo informações, a rebelião teve início às 23h15 de segunda-feira (13) e só foi controlada horas depois, no fim da madrugada de ontem (14), após negociação entre internos, Superintendência de Segurança e a direção da unidade.

De acordo com a Fundação Casa, os internos já estavam nos dormitórios quando tentaram fugir e foram impedidos pelos funcionários da unidade. Os menores fizeram dois funcionários reféns e foram ao segundo pavimento do prédio. Lá, quebraram cadeiras, mesas e algumas portas da unidade, confirmou a instituição.

Durante o motim, três menores conseguiram fugir, porém, um já foi recapturado. O número de fugitivos só não foi maior porque a Polícia Militar compareceu ao local e cercou a área. Ninguém ficou ferido.

Em entrevista a emissoras e TV, ainda no local, o corregedor da Fundação Casa, Carlos Natal, disse que, no início do ano, aumenta a possibilidade de rebeliões nas unidades, e que uma sindicância foi instaurada para apurar o caso. “É uma época do ano difícil porque há muita frustração dos adolescentes que não foram liberados para Natal e Réveillon, e isso causa um pouco mais de agitação nos Centros, de modo geral. A Fundação está atenta a esses movimentos”, adiantou o corregedor.

A Fundação Casa de Mogi Mirim tem capacidade para abrigar 56 adolescentes, mas atualmente tem 49 internos. Essa foi a terceira rebelião na unidade em menos de um mês.