Irmã Odila receberá homenagem em novembro (Arquivo/Itapira News)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A conhecida enfermeira Irmã Odila, da Santa Casa de Misericória e que durante mais de 70 anos se dedicou à profissão, será homenageada com um prêmio de abrangência nacional conferido pelo COREN (Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo).

Aos 98 anos de idade, ela será agraciada com a edição 2019 do Prêmio Anna Nery, que reconhece profissionais de enfermagem com atuação destacada em suas atividades. A cerimônia para entrega do prêmio deve ocorrer em novembro em Foz do Iguaçu.

A comunicação foi feita diretamente por uma comitiva do órgão de classe que esteve na Santa Casa no dia 21 de maio. O Conselho se atentou para a história da Irmã Odila ao analisar documentos da enfermeira para concessão da carteirinha remida à profissional, cujo nome de batismo é Walda Peretta.

Formada em 1950 pelo Hospital São Paulo, Irmã Odila acumulou mais de 70 anos dedicados à profissão, sempre com muito comprometimento. Nascida em Itapira, viajou por todo o Brasil e também por outros países em grandes missões, tanto religiosas como diretamente relacionadas à Enfermagem.

Comitiva do COREN veio conhecer a enfermeira em Itapira (Divulgação)

Voltou à sua cidade natal em 1973 para trabalhar na Santa Casa de Misericórdia, atuando até seus 94 anos de idade. Ainda hoje, se mantém ativa em todos os assuntos ligados ao hospital.

“A Irmã Odila está muito lúcida e forte. Hoje ela já não frequenta os quartos dos pacientes para nenhum tipo de atendimento pelos riscos que isto poderia trazer a saúde dela, mas faz questão de saber de tudo o que se passa no hospital. É uma inspiração a todos nós que temos a honra de conhecê-la”, comenta a coordenadora de Enfermagem da Santa Casa, Helen Reinhart Camargo Catarino.

“Os membros da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Itapira e da OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) ‘Irmã Angélica’ se sentem orgulhosos em tê-la como integrante da equipe por toda sua trajetória profissional e religiosa dentro da instituição”, completa.

Renata Pietro, presidente do COREN de São Paulo, também reconhece a biografia de Irmã Odila e fala sobre a justa homenagem. “A iniciativa da premiação é para reconhecer profissionais da enfermagem que tanto se dedicaram à saúde. Quando a história de vida da Irmã Odila foi apresentada ao Conselho Nacional que avalia os indicados a premiação, não houve dúvidas de que ela realmente é uma merecedora desta honraria”.