publicidade

Itapira está em situação de alerta para o risco de epidemia de dengue. A confirmação foi feita nesta terça-feira (3) pela Prefeitura, com base em um relatório emitido pela Divisão de Vigilância Epidemiológica.

Até o momento, a cidade tem 45 casos de dengue confrimados – durante todo o ano passado foram apenas oito registros. Além de Itapira, cidades como Mogi Guaçu também estão registrando o aumento no número de casos.

Segundo a Prefeitura, as equipes da Vigilância Epidemiológica e dos Agentes de Endemias realizaram entre os dias 4 e 14 de abril a chamada ADL (Avaliação de Densidade Larvária) – também conhecida como LIRAa (Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti).

“Os resultados mostraram que o município está em situação de alerta para epidemia de dengue”, diz a nota. Neste período foram vistoriados 1.189 imóveis em toda a cidade em busca de criadouros, com ou sem água, e as equipes encontraram 46 amostras de larvas,
sendo 41 do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

O índice ficou em 3,1, que aponta para a situação de alerta. Ainda segundo a administração municipal, os principais criadouros encontrados nos imóveis visitados foram pratinhos de vasos de plantas, plantas na água, latas, plásticos, frascos, garrafas, baldes, bebedouros de animais e garrafas retornáveis.

“Mais uma vez a Secretaria Municipal de Saúde pede para que a população elimine os criadouros de suas residências para evitar a proliferação do mosquito”, finaliza a nota da Prefeitura.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui