Município sofre com ocorrências de queimadas durante estiagem (Paulo Bellini/ItapiraNews)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Itapira é a cidade da região com maior número de ocorrências relacionadas a incêndios florestais registrados em setembro entre diversas cidades da região.

Os números também são bem expressivos no comparativo com o mesmo período do ano passado.

Ao todo, somente neste mês já foram registradas mais de 200 ocorrências de queimadas no município. Em 2019, no mesmo período, foram 110.

Os dados são do Somar Meteorologia com base em dados coletados via satélite e levam em consideração todas as ocorrências de fogo, mesmo os pequenos princípios de incêndio.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

O longo período de estiagem, o calor e o vento são fatores que contribuem para o alastramento das chamas por grandes áreas verdes especialmente na zona rural.

Na região, a cidade de Espírito Santo do Pinhal também se destaca com o grande volume de queimadas em setembro, com quase 150 ocorrências. Mogi Guaçu soma cerca de 100 ocorrências no mesmo período.

O imenso número de queimadas que vêm ocorrendo em Itapira nas últimas semanas tem sido atribuído a ações criminosas, segundo informado pelo próprio prefeito José Natalino Paganini (PSDB).

O prefeito afirmou que pediu apoio do deputado estadual José Antônio Barros Munhoz (PSB) para que a fiscalização policial seja reforçada na cidade com objetivo de coibir a prática e tentar identificar possíveis autores.

“Já superamos os 200 casos nesse período e posso observar que são pontos distintos da cidade. Já não chega toda a dificuldade que estamos passando com a saúde, ainda temos mais essa preocupação”, disse na manhã desta terça-feira em entrevista radiofônica.

Ao longo das últimas semanas, equipes da Defesa Civil, dos Bombeiros Voluntários e de brigadas de incêndio de empresas e da Prefeitura, além de unidades do Corpo de Bombeiros de Mogi Guaçu têm se mobilizado para dar conta de todos os combates.

Somente no início desta semana diversos grandes focos foram registrados no município, sendo um dos principais nas regiões rurais do Machadinho e do Tanquinho, bem como nas proximidades do distrito de Eleutério.