Cartazes foram colocados na fachada da Câmara Municipal em novo ato de protesto nesta tarde (Paulo Bellini/ItapiraNews)
publicidade

Itapira voltou a registrar uma manifestação popular de cobrança por mais ações contra a insegurança gerada, principalmente, pela onda de furtos e roubos na cidade.

O ato aconteceu na tarde deste domingo (16) defronte à Câmara Municipal, na Rua João de Moraes, região central da cidade.

Assim como no primeiro protesto, quando apenas três pessoas compareceram, a nova manifestação também aconteceu de maneira tímida, mas com o dobro de participantes da edição anterior realizada há cerca de 10 dias.

Na pauta do protesto, seguem as mesmas cobranças por ações mais contundentes do poder público em favor da segurança pública na cidade. Mesmo com o baixo número de participantes, o movimento desencadeado às 13h30 foi considerado positivo.

Manifestantes se reuniram no início da tarde em ato ainda tímido para cobrar mais segurança (Paulo Bellini/ItapiraNews)

“Tivemos seis pessoas presentes desta vez, considero positivo até por ser um domingo e em um horário que muita gente está almoçando. Deixamos cartazes na frente da Câmara e esperamos que mais pessoas comecem a participar”, disse um dos organizadores da ação, o motorista José Carlos de Carvalho, 48.

Em um grupo criado nas redes sociais para convocar as manifestações há pouco mais de 50 cidadãos, porém somente parte deles se manifestam e tentam engrossar a mobilização.

Confrome apurado pela reportagem, uma das ideias é tentar aumentar o número de participantes com um novo protesto depois que os vereadores retornarem do recesso parlamentar, na primeira semana de fevereiro.

“O movimento está ganhando força e talvez a gente marque outra (manifestação) em um sábado à tarde e na primeira sessão da Câmara”, finalizou José Carlos.

Mensagens foram novamente deixadas na Câmara Municipal (Paulo Bellini/ItapiraNews)
Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui