Pereira era comerciante na cidade e foi assassinado no domingo (Reprodução/Facebook)
Pereira era comerciante na cidade e foi assassinado no domingo (Reprodução/Facebook)
Pereira era comerciante na cidade e foi assassinado no domingo (Reprodução/Facebook)

O comerciante Danilo Alex Pereira, 22 anos, foi morto a tiros no início da madrugada de domingo (15), em Itapira.

Ele estava em um ponto da Avenida Castro Alves, proximidades das bilheterias do Estádio Municipal ‘Coronel Francisco Vieira’, quando foi alvejado por tiros que partiram do ocupante da garupa de uma motocicleta preta que passou pelo loca, por volta da 01h00.

Segundo testemunhas, o ocupante da moto efetuou de três a quatro disparos em direção à vítima, com um dos tiros acertando a cabeça do comerciante. Ele foi socorrido pelo Samu, mas já chegou sem vida ao Pronto-Socorro do Hospital Municipal. Segundo registro feito pela Polícia Militar, momentos antes do crime, Pereira havia se envolvido em uma discussão com outro homem, no Parque Juca Mulato.

O motivo envolveria relacionamento amoroso com a ex-namorada da vítima. No momento do crime, dezenas de outras pessoas estavam no local, que costuma aglomerar jovens e veículo aos finais de semana. A Polícia Civil chegou a promover buscas na casa da pessoa citada como sendo o desafeto de Pereira, mas ele não foi encontrado no local.

O corpo do jovem foi sepultado na tarde de domingo, no Cemitério Parque Municipal da Paz.

O veículo da vítima, que estava no local do crime, foi periciado pela equipe do Instituto de Criminalística (IC) de Mogi Guaçu, sendo liberado aos genitores do comerciante. Há cerca de duas semanas, outro homicídio ocorrido na Rua Japão, Vila Ilze, também teria tido motivação passional.

Publicidade - Anuncie aqui