Antiga vicinal deverá, finalmente, receber melhorias (ItapiraNews)

O processo licitatório das obras de recuperação total da Rodovia SPI-177/342 – a antiga vicinal entre Itapira e Mogi Guaçu – enfim chegou à fase final.

O início dos trabalhos aguarda apenas a homologação para que o contrato entre a empresa vencedora e o Governo do Estado seja assinado.

Com isso, o DER/SP (Departamento de Estradas de Rodagem) deverá emitir a ordem de serviço para autorizar o início dos trabalhos ainda no primeiro semestre deste ano.

A empresa vencedora da licitação é a Compec Galasso Engenharia e Construções, que apresentou proposta de R$ 84,252 milhões – cerca de R$ 45 milhões a menos que a previsão inicial dos investimentos, apontada pelo Projeto Executivo, na ordem de R$ 130 milhões.

Ao todo, a Secretaria de Logística e Transportes do Estado recebeu 22 propostas de empresas interessadas. Duas delas entraram com recurso contra o resultado preliminar da licitação, mas os argumentos foram rejeitados pela Comissão de Licitação.

A previsão é que, dentro de mais alguns dias, a Compec efetue o depósito do caução – adiantamento de garantia – previsto no contrato. A obra tem duração de até 24 meses e prevê a recuperação do pavimento em todos os 22,9 quilômetros e extensão da estrada.

  • LUTA

O deputado estadual José Antônio Barros Munhoz (PSB) comemora a proximidade do início das obras e lembra que a recuperação total da antiga vicinal é uma “luta muito antiga”.

Ele lembra que os pleitos para construção da ligação começaram ainda no final dos anos 1970. A inauguração da pista aconteceu em 1990. Em 2014, por intermédio do parlamentar, o Governo do Estado assumiu a rodovia.

Munhoz se reuniu com o secretário de Transportes e discutiu reforma da antiga vicinal (Divulgação)

Segundo a assessoria do deputado, Munhoz tem acompanhado pessoalmente todo o processo junto à Secretaria Estadual de Logística e Transportes do Estado de São Paulo. Recentemente, ele esteve reunido com o secretário da pasta, João Octaviano, para cobrar agilidade no início das obras.

Além da melhoria no pavimento, também está prevista a revitalização do acostamento e implantação de faixas adicionais nos pontos de aclive. O edital ainda inclui a recuperação de toda a sinalização horizontal e vertical ao longo da rodovia e instalação do sistema de drenagem de águas pluviais.

Publicidade - Anuncie aqui