Única participante, Expresso Fênix venceu concorrência emergencial em Itapira (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Marcelo de Moura confirmou ampliação de benefícios (Arquivo)
Marcelo de Moura confirmou ampliação de benefícios (Arquivo)
Publicidade - Anuncie aqui

A Expresso Fênix ampliou a quantidade de passagens fornecidas pela metade do preço aos estudantes itapirenses que precisam dos circulares para se deslocar até suas escolas.

O reforço no benefício foi confirmado pelo chefe do Departamento de Transportes Públicos da Secretaria Municipal de Defesa Social, Marcelo de Moura, após entendimentos entre a Prefeitura e a direção da empresa que opera emergencialmente o transporte coletivo em Itapira.

De acordo com Moura, até então os estudantes tinham direito a duas passagens, pelas quais pagam 50% do valor da tarifa. Assim, quem dependia de mais de dois embarques para ir e voltar da escola acabava tendo que arcar com as demais passagens pelo valor integral.

Agora, o benefício foi ampliado a quatro passagens. “Os estudantes tinham, até então, direito a duas passagens, o que dava para uma ida e uma volta, por exemplo. Quem precisa pegar mais de dois ônibus para ir e voltar da escola tinha que pagar as demais passagens normalmente. O estudante que mora em Eleutério, por exemplo, pega um ônibus até a Rodoviária e outro até a escola. Depois mais dois pra voltar, são quatro conduções e ele só tinha direito a duas passagens com o desconto especial”, explicou Moura.

De acordo com ele, a ampliação do benefício atende exclusivamente aos estudantes, bem como suas necessidades de transporte para ida e volta da instituição na qual estuda, não contemplando atividades extracurriculares, por exemplo. Para os estudantes que já possuem cadastro junto à Expresso Fênix, basta que compareçam ao guichê na Rodoviária, munidos de seus cartões, para solicitar a alteração do limite. Os que ainda não têm cadastro deverão informar já no ato do cadastramento a necessidade de duas ou quatro passagens. O benefício é válido somente para a semana letiva – de segunda à sexta-feira.