João Marquezini disputou primeira eleição para deputado federal (Itapira News)
Publicidade    
Publicidade - Anuncie aqui

Mais votado entre os candidatos a deputado federal com base eleitoral em Itapira, João Marquezini (PSOL) afirmou nesta segunda-feira (8) que a avaliação sobre sua candidatura é “a melhor possível”. Embora não tenha se elegido, o candidato considerou positiva a participação no pleito. “Nosso potencial de ação não para de crescer, cada dia mais pessoas compreendem nosso movimento e se junta às nossas fileiras”, comentou.

Com 1.965 votos, ele superou as marcas alcançadas pelo companheiro de partido, Luiz Carlos Pedroso (353 votos) e também Marcos Paulo da Silva, o Marquinhos (PATRI), que recebeu 698 votos. Do total de votos de Marquezini, 649 foram em Itapira. Osegundo local com maior apoio foi a capital paulista, com 496 votos, sendo o restante pulverizado entre mais de 180 cidades do estado.

Esta foi sua primeira campanha a um cargo legislativo – em 2016, Marquezini disputou a candidatura a vice prefeito na chapa de Cristiano Florence (PSOL). Ao falar sobre o resultado da campanha deste ano, ele considerou que são importantes também as ações realizadas fora das eleições para melhorar a sociedade.

“O grupo de pessoas que representei nestas eleições foram os responsáveis por derrubar dois aumentos de vereadores, não deixamos a “taxa do lixo” ser criada, denunciamos o mau uso dos recursos públicos, auxiliamos o Ministério Público em suas ações investigativas. E o mais importante, abrimos espaços de diálogo democráticos, para junto da população encontrar soluções para os nossos problemas. Gosto de pensar que minha principal contribuição individual foi neste momento foi dar voz ao Socialismo e a Liberdade. Não tenho vergonha do resultado de anos de estudos sobre nossa sociedade na busca de conhecimento para melhor poder contribuir. Pelo contrário, tenho muito orgulho de ser presidente municipal do partido que mais cresce no Brasil, que está sempre muito bem avaliado por população e profissionais envolvidos com questões políticas”, disse.

João Marquezini também afirmou que sua campanha foi “limpa”, com todos os materiais impressos de sua candidatura sendo entregues em caixas de correio nas residências. Apresentamos nossas propostas para todas as áreas que temos alguns engajamentos ou que queremos trabalhar mais. Buscamos explicar a maldade de algumas propostas adversárias , mas evitamos atacar diretamente qualquer outro candidato, os tempos já estão tensos demais para gente cair na velha política de acusações e personalistas. Mesmo sendo uma campanha com poucos recursos, sem tempo de rádio ou televisão, muitas pessoas chegaram a nós pela rede mundial de computadores. Respondemos a todos, com detalhes de nossas propostas”, destacou.

Para ele, o fato de ter sido itapirense mais votado na disputa de uma vaga à Câmara Federal demostra que as ações de seu grupo estão em sintonia com o que a população espera dos agentes políticos.”Outro ponto importante é que demonstramos que os anseios dos itapirenses não são isolados, uma vez que obtivemos votos de confiança em 182 municípios do Estado de São Paulo. Atribuo isso a meu interesse pela formação indenitária do povo paulista, e ser servidor estadual só me ajuda ainda mais a enxergar os problemas comuns dos diversos municípios do Estado. Nossas propostas são boas para todo o Estado todo”, frisou.