Nova estrutura do Big Bom é gigantesca (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui
- conteúdo publicitário -

Com ampla infraestrutura, projeto arquitetônico moderno, paisagismo e com nova avenida de acesso, a recém-construída unidade do Big Bom na região central de Mogi Guaçu será inaugurada nesta segunda-feira (24), com abertura ao público em geral a partir das 11h00.

O hipermercado passa a ocupar uma ampla área anexa à unidade atual, cuja estrutura se distribuiu em seis mil metros quadrados, além de estacionamento com capacidade para mais de 500 veículos.

Ao todo, o Big Bom possui 900 colaboradores, contabilizados os das unidades da Avenida dos Bandeirantes e de São João da Boa Vista (SP). A unidade do Centro gera 300 empregos diretos.

O investimento realizado pela direção do supermercado reforça o potencial comercial de Mogi Guaçu, que já abriga outros importantes grupos do gênero, como o Ponto Novo, Rofatto e o Good Bom, que deve construir sua nova loja próximo ao Buriti Shopping.

Hipermercado fica na área central da cidade (Divulgação)
  • BOULEVARD

O hipermercado é apenas uma das etapas do projeto do novo Big Bom. O Boulevard Rio está sendo ampliado para melhor atender seus clientes. O novo empreendimento contará com 130 lojas, gerando 500 empregos diretos e indiretos.

O empreendimento contará com academia da rede Smart Fit E terá ainda salas de cinema da rede Cinemark, uma nova unidade do Poupatempo, área construída de 15 mil metros quadrados e amplo estacionamento.

A aprovação do projeto para o novo hipermercado Big Bom necessitou de contrapartida ao município, com a construção de uma avenida margeando o Rio Mogi Guaçu, ligando a Avenida Mogi Mirim ao Condomínio Vale Verde e à Avenida Padre Jaime e criando um moderno sistema viário.

O prefeito Walter Caveanha comemora o investimento do Big Bom, que foi criado há 30 anos e vem estando presente no desenvolvimento de Mogi Guaçu. “Hoje temos grandes empreendedores em nossa cidade, sem falar em nosso shopping e em outras redes, que acreditaram no potencial de Mogi Guaçu”, disse.