Mogi Guaçu também enfrenta avanço da dengue (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Mogi Guaçu também enfrenta avanço da dengue (Divulgação)
Mogi Guaçu também enfrenta avanço da dengue (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui

A cidade de Mogi Guaçu (SP) já contabiliza 365 casos de dengue em 2015.

Desse total, 347 são autóctones – ou seja, a doença foi contraída no próprio município, enquanto que 17 são os chamados importados, quando o paciente é contaminado em outra localidade. Outro caso é referente a Mogi Mirim, município vizinho à Mogi Guaçu e praticamente sem fronteiras entre a população.

No ano passado, a cidade já enfrentou uma epidemia de dengue. Neste início de 2015, Itapira também luta para frear o avanço da doença na cidade, mas a Prefeitura ainda não atualizou os números referentes a janeiro e início de fevereiro.

Segundo relatório divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Mogi Guaçu, somente neste ano foram feitas 650 notificações de casos suspeitos na cidade. Além das confirmações, o Programa de Epidemiologia e Controle de Doenças aguarda a chegada dos resultados de 221 exames.

A região com maior índice de casos positivos é a Zona Sul/Guaçu Mirim, com 132 registros. Para atender a crescente demanda de pacientes vítimas do mosquito Aedes Aegypti nos bairros dessa região, a Prefeitura da cidade ampliou o atendimento em duas UBSs (Unidades Básicas de Saúde). “A medida visa absorver parte do atendimento a casos da doença a fim de reduzir a demanda nos serviços de urgência e emergência, principalmente no Pronto Socorro do Hospital Municipal”, diz nota emitida pela assessoria de imprensa da cidade.

“A procura por atendimento no Pronto Socorro Municipal praticamente triplicou com o aumento da incidência de dengue em bairros da Zona Sul nas últimas semanas”. Durante a semana do Carnaval, as UBSs estarão fechadas na segunda-feira, 16, na terça, 17 e na manhã de quarta-feira, 18. “O tratamento dos doentes será mantido em uma sala do Hospital Municipal, a qual está sendo montada para dar suporte à rede básica no período”, informa a Prefeitura.

Publicidade - Anuncie aqui