Publicidade - Anuncie aqui também!
via Guaçu Agora
Publicidade - Anuncie aqui

A primeira morte de uma profissional de saúde em decorrência do coronavírus foi confirmada em Mogi Guaçu.

Aline Rossini trabalhava como técnica de enfermagem na Santa Casa de Misericórdia e contraiu a doença, sendo hospitalizada no Hospital São Francisco.

Ela permaneceu internada por 10 dias. Infelizmente, a mulher de 42 anos não resistiu às complicações e faleceu no final da tarde da última sexta-feira (12).

O caso gerou grande comoção nas redes sociais, com muitos compartilhamentos de homenagens e mensagens de pesar. Com o novo registro, Mogi Guaçu sobe para oito óbitos confirmados por Covid-19.

Aline tinha apenas 42 anos e trabalhava na Santa Casa de Mogi Guaçu (Reprodução/Redes Sociais)

Em sua rede social, Aline fez várias postagens relembrando a importância do isolamento social. Em uma delas, há vários profissionais de saúde e a seguinte frase: “nós estamos aqui por você, por favor, fique em casa por nós”.

A Santa Casa não se manifestou sobre o assunto. Vale lembrar que não há nenhum paciente com Covid-19 em tratamento na instituição.

De acordo com informações da Prefeitura, mais de 50 profissionais da área da saúde já foram contaminados pelo coronavírus até o momento. Até o último boletim divulgado pela administração, os casos positivos no município estavam em 253 registros.