Mosquito Aedes aegypti é o transmissor da dengue e outras doenças (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A Secretaria Municipal de Saúde de Mogi Mirim confirmou nesta segunda-feira (2) a morte de um idoso de 93 anos em decorrência da dengue.

É o primeiro caso fatal da doença em 2020 na cidade. Segundo a Prefeitura, a Vigilância em Saúde aguardava a chegada do resultado de exame feito pelo Instituto Adolf Luz, em São Paulo.

O homem faleceu no final de janeiro e se encaixava no grupo de risco da dengue, formado por crianças com idade inferior a cinco anos ou pessoas acima de 60 anos.

No último balanço divulgado, também na segunda, Mogi Mirim contabilizava 608 casos positivos da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, além de 2.133 notificações.

Em Itapira, neste ano, são três casos positivos da doença. A Vigilância Epidemiológica, no entanto, demonstra preocupação com o alto índice de larvas encontradas no município.