Mariana foi brutalmente assassinada em Mogi (Reprodução/Redes Sociais)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Mais um caso de feminicídio foi registrado em Mogi Mirim na noite deste sábado (23).

A vítima, uma mulher de 30 anos, foi brutalmente assassinada pelo ex-namorado, um homem de 36 anos que se matou em seguida.

O crime aconteceu em frente à casa da vítima, no Parque Novacoop. O autor do feminicídio foi identificado como Adenilson Soares do Prado.

Segundo informações da polícia, ele chegou na casa da vítima, a cabelereira Mariana Mafei, por volta das 20h30.

Os dois haviam tido um relacionamento curto, de aproximadamente quatro meses, e estavam separados há cerca de 30 dias. O rapaz, no entanto, não aceitava o término do namoro.

Crime aconteceu em frente à casa da vítima (Divulgação)

Momentos depois, ele foi até o carro e pegou uma espingarda. A mulher tentou correr para dentro de casa, mas foi atingida com ao menos três disparos. Os tiros perfuraram a região das costas. Ela morreu no local.

Em seguida o assassino disparou contra o próprio queixo. Ele chegou a ser socorrido com vida e levado à Santa Casa da cidade, onde também morreu. A vitima do feminicídio deixa uma filha de apenas nove anos.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Mogi Mirim. Este é o segundo caso de feminicídio registrado em Mogi Mirim em novembro. No início do mês, um homem matou sua ex-companheira com golpes de facão e ainda decepou uma das mãos da filha da vítima, que tentou protegê-la. Ele fugiu, mas foi preso horas depois do crime no Sul de Minas Gerais.